Academias Ji-Paraná, Rondônia

A página abaixo contêm todas as informações locais que são relevantes quando se trata de academias em Ji-Paraná. Encontre profissionais da sua região, artigos educativos, eventos, opiniões, etc. Tudo em uma única página!

Academia Metropolisa
(69) 3221-0293
av Calama, 2363 São João Bosco
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Casa das Esteiras
(69) 3026-7389
r José Patrocínio, 544 Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Clínica do Movimento
06934231561
Rua 22 de novembro, 867, sala 2, casa preta. Próximo ao CCAA.
Ji-Paraná, Rondônia
 
Win Academia
(69) 3223-7556
r Abunã, 1457 Olaria
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Academia de Musculação e Ginástica AC Fox Gym
(69) 3221-5029
av Calama, 5759 Cj 4 Janeiro I
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Academia Atletica
(69) 3221-1090
av Carlos Gomes, 2480são Cristóvão
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Boa Forma Personal Star Academic
(69) 3229-0220
av Amazonas, 3725 Nova Porto Velho
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Academia de Ginástica Mahatma
(69) 3223-1677
av Pinheiro Machado, 2040 B. São Cristovão
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Academia Athletics
(69) 3221-1090
r Gonçalves Dias, 250 B. Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Academia Geo Training
(69) 3225-7199
r Júlio Castilho, 135 Centro
Porto Velho, Rondônia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Academias

Fornecido por: 

Pesquisa em academias de musculação revela o problema dos anabolizantes.

A questão estética, especialmente o imediatismo na obtenção do corpo desejado, é a principal motivação alegada por quem usa ou já usou anabolizantes – substâncias sintéticas relacionadas aos hormônios masculinos que produzem o aumento da massa muscular e cujo consumo não terapêutico pode provocar uma série de prejuízos à saúde. A conclusão é de pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) que assinam um artigo na edição de abril do periódico Cadernos de Saúde Pública, editado pela Fiocruz. A equipe saiu a campo, matriculou-se em academias de ginástica, conheceu as rotinas desses estabelecimentos, observou a dinâmica das interações sociais e, por fim, entrevistou 43 frequentadores que já haviam utilizado anabolizantes. Os relatos apontam para o uso dessas substâncias por causa do desejo de atingir rapidamente “o corpo ideal”, com massa muscular aumentada e definida, isto é, um corpo adequado aos padrões valorizados na sociedade e disseminados pela mídia.

Definir a musculatura e erradicar a gordura, considerada a grande vilã no caminho do corpo perfeito, foram objetivos frequentemente citados pelos entrevistados, que tinham entre 18 e 35 anos. A pesquisa foi feita em três academias: uma localizada em um bairro de classe média de Salvador e duas em bairros populares da capital baiana. A preocupação com a estética foi a principal razão que levou os participantes a praticarem musculação, tanto no bairro de classe média quanto nos populares. “É interessante notar a transformação nos signos do corpo musculoso, que no passado, além de se associar ao poder masculino, denotava também o trabalho manual e a condição proletária. Na contemporaneidade, entretanto, o músculo perde esta última conotação e se torna ícone cultural altamente valorizado, simbolizando vigor, saúde e sucesso”, diz o artigo, assinado pelos pesquisadores Jorge Alberto Bernstein Iriart, José Carlos Chaves e Roberto Ghignone de Orleans, do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA.

Embora o desejo de ter um corpo musculoso fosse comum, a forma de utilizar os anabolizantes variou entre as academias. Na academia de um bairro popular, os pesquisadores observaram o uso explícito: os praticantes conversavam e até faziam brincadeiras sobre os anabolizantes e aplicavam as injeções uns nos outros antes de iniciarem a musculação; além disso, na lixeira do banheiro, foi possível encontrar grande quantidade de seringas e a...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net