Dependência de solventes Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul

Diversos produtos comerciais, como esmaltes, colas, gasolina e vernizes contém solventes. Saiba quais são as reações provocadas pela inalação desses produtos. Estude a definição das drogas solventes ou inalantes. Consulte a lista de serviços de apoio, em Santa Cruz do Sul.

Carlos Magno Zorzan
(55) 3222-9707
r Venâncio Aires, 1795 s 52, Centro
Santa Maria, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Débora Elias Bruno
(51) 3472-9710
r Gonçalves Dias, 67 s 606, Centro
Canoas, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Centro de Atendimento Psicológico Dività
(55) 3214-1583
r Acampamento, 239 21
Santa Maria, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Dra. Arianne de Sá
(51) 8196-2329
Av. José Loureiro da Silva, 1600- sala 610. Centro.
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Márcia Goulart de Campos
(54) 8402-9082
r Sinimbu, 1536 43
Caxias do Sul, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Psicóloga
(54) 9977-4645
R: Torres Gonçalves, 153 -Sala 502
erechim, Rio Grande do Sul
 
Jung, Gerson P
(51) 3488-4108
r Anápio Gomes, 1150, Centro
Gravataí, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Kahl, Maria L F
(55) 3221-6138
r Paul Harris, 70 ap 1, Patronato
Santa Maria, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Psicanalista Lisiane Machado
(55) 3026-8301
Rua andre marques, 653 sala 503
santa maria, Rio Grande do Sul
 
Guinter Lühring - Psicólogo
(51) 9128-3101
Av. Carlos Gomes, 1200 cj. 904
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
 
Dados Divulgados por

Dependência de solventes

Fornecido por: 

Exemplo: Cola de sapateiro



Definição



A palavra solvente significa substância capaz de dissolver coisas e inalante é toda substância que pode ser inalada, isto é, introduzida no organismo através da aspiração pelo nariz ou boca. Via de regra, todo o solvente é uma substância altamente volátil, isto é, se evapora muito facilmente sendo daí que pode ser facilmente inalada.

Outra característica dos solventes ou inalantes é que muitos deles (mas não todos) são inflamáveis, isto é, pegam fogo facilmente.



Um número enorme de produtos comerciais, como esmaltes, colas, tintas, thinners, propelentes, gasolina, removedores, vernizes, etc, contém estes solventes.

Eles podem ser aspirados tanto involuntariamente (por exemplo, trabalhadores de indústrias de sapatos ou de oficinas de pintura, o dia inteiro expostos ao ar contaminado por estas substâncias) ou voluntariamente (por exemplo, a criança de rua que cheira cola de sapateiro; o menino que cheira em casa acetona ou esmalte, ou o estudante que cheira o corretivo Carbex, etc).



Todos estes solventes ou inalantes são substâncias pertencentes a um grupo químico chamado de hidrocarbonetos, tais como o tolueno, xilol, n-hexana, acetato de etila, tricloroetileno, etc. Para exemplificar, eis a composição de algumas colas de sapateiro vendidas no Brasil: Cascola - mistura de tolueno + n-hexano; Patex Extra - mistura de tolueno + acetato de etila + aguarrás mineral; Brascoplast - tolueno + acetato de etila + "solvente para borracha".

No ano de 1991 uma fábrica de cola do interior do Estado de São Paulo fez ampla campanha publicitária afirmando que finalmente havia fabricado uma cola de sapateiro "sem ser tóxica e que não produzia vício", porque não continha Tolueno.

Foi um comportamento muito errado desta indústria, desonesto mesmo, dado que a tal cola ainda continha o solvente n-hexano que é sabidamente bastante tóxico.



Um produto muito conhecido no Brasil é o "cheirinho" ou...


Continue sua leitura em Saúde e Movimento



Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net