Centro Odontológico Abaetetuba, Pará

Conheça Centro odontológico em Abaetetuba. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Liliana I Tomaszewski
(48) 3254-6352
Rua Cel Apolinário Pereira 90 sl 1
Belem, Pará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Nicolau Pandolfo
(51) 3228-2030
Rua Mal Floriano Peixoto 91 cj 606
Santarem, Pará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Leila M Medeiros
(21) 3157-4678
Rua Pindare 346
Santarem, Pará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Décio S Andrade
(35) 3327-1121
Rua 8 Dezembro 190
Rio de Janeiro, Pará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Cristiano Moreira dos Santos Pena
(31) 3213-5255
Av Álvares Cabral 374 s 1607
Rio de Janeiro, Pará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Marise S Lisboa
(31) 3274-8811
Av Amazonas 135 s 1212
Porto Alegre, Pará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Andréa Fonseca Jardim da Motta
(21) 3604-9024
Av Eng Martins Romeo 41 ap 803
Porto Alegre, Pará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Roberto V Mosele
(49) 3245-0848
Rua Archias Ganz 599 ap 12
Marabá, Pará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Gilceia C D Ribeiro
(61) 3326-8189
Sepn 504 Bl C lj 44
Belem, Pará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Alderico Artese
(21) 2522-0605
Av NS Copacabana 613 s 406
Belo Horizonte, Pará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Centro Odontológico

Fornecido por: 

Pesquisa pioneira realizada na Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) da Unicamp estuda novo método para identificação humana. O esmalte dental é caracterizado por camadas de prisma em direções regularmente alternadas. Essas camadas sucessivas formam as Bandas de Hunter-Schreger (HSB) que aparecem como faixas claras e escuras quando vistas sob forte iluminação lateral. O padrão formado pelas bandas assemelha-se ao observado nas impressões digitais humanas. Em estudo laboratorial, foi verificado que cada dente analisado apresentava um padrão único de bandas.

O estudo culminou na dissertação de mestrado da cirurgiã-dentista Liza Lima Ramenzoni, com orientação do professor Sérgio Line, da área de Histologia e Embriologia. Segundo os pesquisadores, o padrão das bandas poderá servir como um novo método biométrico de identificação humana complementando os já existentes. O método poderá ser recomendado para vítimas de desastre em massa, onde possivelmente os cadáveres se encontram carbonizados, putrefeitos ou reduzidos a partes, uma vez que o dente é um dos órgãos mais resistentes ao calor, podendo suportar de 300 a 500ºC ou mais quando protegidos pelos tecidos bucais. Foram estudados 274 dentes incisivos inferiores isolados e dentes diretamente da cavidade bucal de 30 indivíduos.

Nas análises, os dentes foram fotografados em uma lupa esteroscópica (ampliação 20 a 50x) com iluminação lateral de fibra óptica na região cervical, face vestibular. As imagens contrastadas foram analisadas em software de identificação automatizado de base biométrica (Verifinger 4.2 SDK / Fingersec®), o mesmo utilizado para identificação de impressão digital. O software gerou uma lista de valores de similaridade. Estes valores foram comparados em uma matriz de similaridade. Os resultados demonstraram que o padrão das bandas é altamente variável e único para cada dente analisado.

Liza, que contou com apoio da Fapesp, vem pesquisando o assunto desde a iniciação científica, em 2002. O trabalho foi aceito para ser publicado na revista inglesa Proceedings of the Royal Society - Biology, sendo considerado pelos editores da revista como um dos destaques da edição (highlight- Top A paper), e por isso foi disponibilizado na integra com livre acesso no site da revista ( http://www.pubs.royalsoc.ac.uk/proceedingsb ), antes mesmo da publicação dos demais artigos da edição. O interesse pelo assunto surgiu de um estudo ...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net