Centro de Genética Alegrete, Rio Grande do Sul

Encontre centro de genética em Alegrete. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Carlos Roberto R. Vargas e Cia
(53) 3231-3500
Marechal Floriano Peixoto 508
Rio Grande, Rio Grande do Sul
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Gessie Anne Lopes
(51) 3023-8888
Rua Marechal Floriano Peixoto 450
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Medicina Interna

Dados Divulgados por
GISLAINE ROCHA DE QUADROS
(51) 8171-2976
Consultório de Fonoaudiologia em Canoas
Canoas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Foniatria

Dados Divulgados por
Gislaine Astir Lunardi Flores
(51) 3012-1739
General Neto 143
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Suzana dos Santos
(51) 3226-5947
Professor Annes Dias 154 - 601
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Alexandre Guedes Marcolla
513-2275
R Andradasdos 1711 - Sl. 204
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Valerie Noronha Menezes Kreutz
051 36010723
rua bento gonçalves 1049
Osorio, Rio Grande do Sul
Especialidade
Medicina Estetica

Dados Divulgados por
Claudete Mariza Dias Correa
(53) 222-1806
Rua Anchieta 2293
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Vaniza Kloeckner Farias
(54) 313-2307
Tiradentes 420 - Sala 1
Passo Fundo, Rio Grande do Sul
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Flávio Dias Silva
(51) 3341-0100
Av. Andaraí 130
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Centro de Genética

Fornecido por: 

Cientistas americanos confirmaram o nascimento dos primeiros bebês geneticamente modificados. Cerca de 30 crianças "filhas de três pais" já nasceram e todos estão saudáveis. Há informações de que 15 delas são resultado de um programa experimental de um laboratório americano para tratamento de infertilidade. 

Testes genéticos feitos através da impressão digital em duas crianças de um ano de idade provaram que elas carregam uma pequena quantidade de genes que não foi herdada nem do pai, nem da mãe.

Esses genes adicionais foram herdados de um doador que teria fornecido material genético à mãe, com problemas de fertilidade.

Modificação genética

Os genes adicionais também alteraram o material genético que essas crianças vão passar aos seus filhos.

A alteração deste material é considerada anti-ética por grupos de cientistas, já que ainda não são conhecidas as conseqüências que ela pode trazer.

Em muitos países, esta alteração é ilegal. O governo americano já anunciou que não vai dar dinheiro para nenhuma pesquisa que modifique este grupo de genes.

Mitocôndria

Os pesquisadores do Instituto de Medicina Reprodutiva e Ciências St Barnabas, na cidade americana de Nova Jersey, acreditam que o problema de fertilidade dessas mulheres esteja ligado a um defeito em sua mitocôndria.

Para tratar o problema, os pesquisadores implantam mitocôndrias saudáveis, fornecidas por doadoras, no óvulo da mãe. Estas mitocôndrias carregam material genético, que é passado de geração a geração.

A principal função da mitocôndria é fornecer energia para a célula, mas cientistas acreditam que ela tenha outras funções, mais importantes, ainda desconhecidas.

Esta técnica é conhecida como "transferência ooplásmica".

Duas mães

Depois de examinar as crianças nascidas com a ajuda deste tratamento, os cientistas confirmaram que as células dessas crianças contêm mitocôndrias - e consequentemente genes - de duas m...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net