Centro de Odontologia Manaus, Amazonas

Encontre centro de odontologia em Manaus. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Marcos de Matos Machado
(31) 3848-3698
Al 31 de Outubro 400 s 201
Manaus, Amazonas
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Marcelo Salomão Miguel
(21) 3327-0124
Av Geremário Dantas 665 sl 202
Manaus, Amazonas
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Saulo Silva Jabor
Rua Ten Silveira 225 s 211
Manaus, Amazonas
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Antônio Joaquim dos Santos
(71) 3641-1981
Rua 2 de Julho 81
Manaus, Amazonas
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Muriel C Chies
(54) 3522-5812
Av 15 Novembro 55
Manaus, Amazonas
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Jacir Lusa
(54) 3221-5743
Rua Pinheiro Machado 1631 cj 24 cj 25
Manaus, Amazonas
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Renata A C Morais
(82) 3221-8988
Rua Comend Palmeira 242 s 1
Manaus, Amazonas
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Amélia B Pereira
(41) 3254-8740
Av Cândido Abreu 427 cj 806
Manaus, Amazonas
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Murilo Augusto Anacleto
(31) 3841-1037
Rua Angélica 27
Manaus, Amazonas
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Sérgio Tepedino
(24) 2242-0851
Pc Dr Alcindo Sodré 6 s 204
Manaus, Amazonas
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Centro de Odontologia

Fornecido por: 

Cárie não é doença. Esta é a conclusão de um estudo do professor José Eduardo de Oliveira Lima, da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP.

O trabalho sugere modificações para a prevenção e o tratamento da cárie - que passa a ser interpretada como um desequilíbrio da biodiversidade presente na cavidade bucal. Tradicionalmente, a cárie é considerada uma doença infecto-contagiosa - portanto, uma doença transmissível cujo tratamento se foca no combate aos microorganismos.

A pesquisa de Lima aponta que a cárie aparece como resultado de um desequilíbrio provocado pela mudança dos hábitos alimentares ao longo do desenvolvimento da humanidade. Esses microorganismos fazem parte da biodiversidade da cavidade bucal; no entanto, um desequilíbrio constante provoca a desmineralização irreversível do esmalte dentário, que é a cárie.

Segundo o professor, o homem primitivo não tinha cáries: sua alimentação mantida exclusivamente por alimentos naturais e não-manipulados fazia com que ele permanecesse em equilíbrio com a natureza, apesar da presença dos microorganismos no seu corpo.

As características dessa alimentação permitiam que as desmineralizações naturais do esmalte fossem neutralizadas pela saliva ainda em seu estágio reversível, o que provocava a remineralização natural. Era um processo contínuo e em equilíbrio. O sistema da fisiologia bucal nessa época era perfeito.

"Acreditava-se que devíamos combater o microorganismo. Ele participa do processo, mas não é o responsável pelo aparecimento da cárie. Ele, na verdade, desempenha um papel fisiológico em conjunto com a dieta, formando a placa bacteriana", diz Lima.

O professor ainda afirma que a cárie dentária deve ser considerada como uma lesão apenas no esmalte, e seu primeiro sinal é a chamada mancha branca. Lesões que atingem a dentina são provocadas por outros fatores que progridem e podem atingir a polpa, provocando dor, inflamação e infecção, caracterizando uma enfermidade, que já não se define mais como a cárie dentária.

Prevenção

Baseado nesse conceito, toda estratégia preventiva deve buscar o equilíbrio da biodiversidade da cavidade bucal. Uma das maneiras de se conseguir isso é através da escovação. Crianças, geralmente sem habilidade motora e conhecimento suficiente, costumam ser vitimadas justamente por não terem a capacidade de fazer uma escovação adequada.

O professor recomenda que a escovação por parte das crianças seja mantida - mas acrescen...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net