Centro de Oncologia Marabá, Pará

Encontre centro de oncologia em Marabá. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Priscilla Leite Dias
(91) 3222-6145
R Ferreira Cantao 454 - Sala 01
Belem, Pará
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Mario Fernando Ribeiro de Miranda
(91) 241-1048
Av Alm Wandenkolk 1243 - Sala 704
Belem, Pará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Maria de Fatima Mesquita Jorge Joao
Trav.Ove de Janeiro 2110 - Sala 1601Ed. Wall Street
Belem, Pará
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Manoel de Almeida Moreira
(91) 223-0692
Rua Antonio Barreto 380
Belem, Pará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Unica estetica e Fisioterapia especializada
(91) 3224-6951
Rua dos Mundurucus 3100 sl 1502
belém, Pará
Especialidade
Dermato Funcional e Urogineco

Fernando Antonio Martins
(91) 3236-4186
Av. Duque de Caxias 1540
Belem, Pará
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
Diana Ecila Tavares Acatauassu Teixeira
913-2424
Tv Quatorze de Marco 1299
Belem, Pará
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Anatomo Patologistas Associados S/A
R Ferreira Cantao 454 - S/2
Belem, Pará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
ACADEMIA DA GESTANTE
(91) 3228-2127
Tv Boaventura da Silva, 1535
Belém, Pará
Especialidade
Ginecologia e Obstetricia

FISIOESP
(93) 3522-3282
Av. Mendonça Furtado, clínica vitale,1589, sala 12
Santarém, Pará
Especialidade
FISIOTERAPIA

Dados Divulgados por

Centro de Oncologia

Fornecido por: 

O câncer de pulmão tende, nas próximas duas décadas, a se tornar o principal tipo dessa doença a matar mulheres em países onde a adesão feminina ao vício do fumo vem aumentando, alertaram médicos nesta segunda-feira.  

Enquanto as mortes de homens em decorrência da doença se estabilizaram ou diminuíram nos últimos 10 anos, o número de mulheres que morrem de câncer de pulmão tem se elevado e está ultrapassando o das vítimas de câncer de mama, em alguns países, devido à grande quantidade de fumantes do sexo feminino.

Pesquisadores do Hospital Universitário de Essen, na Alemanha, que apresentaram suas conclusões no 11° Congresso Anual da Sociedade Respiratória Européia, disseram que as mulheres que começaram a fumar nas décadas de 1970 e 1980 estão sendo diagnosticadas com a doença.

"Há normalmente um período de latência entre o fumo e o desenvolvimento de câncer de 20 anos", disse o professor Nickolaus Konietzko, o presidente da conferência.

A equipe de Konietzko baseou suas conclusões em um estudo realizado em três cidades da Alemanha: Essen, Mulheim e Oberhausen.

Os pesquisadores suspeitam de que as mulheres possam ter uma vulnerabilidade maior para o câncer de pulmão que os homens, mas disseram que elas se saem melhor no combate à doença nos primeiros anos após o diagnóstico, particularmente se têm menos de 50 anos de idade.

"A taxa de sobrevivência de um ano para mulheres nesse grupo é de 69 por cento, quase o dobro da dos homens, que é de 36 por cento", explicou Konietzko.  

Brasileiro também apresenta estudo na conferência

Em outro estudo apresentado durante o encontro, o doutor José Miguel Chatkin, do Hospital São Lucas, da cidade de Porto Alegre, no Brasil, detectou taxas similares de sobrevivência inicial nas mulheres entre os pacientes que se submeteram a cirurgias devido à doença.

Os cientistas sugeriram que os hormônios femininos poderiam ser r...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net