Centro de Ortodontia Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo

Encontre centro de ortodontia em Cachoeiro de Itapemirim. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Renata Silva Melo Fernandes
(81) 3463-0259
Av Eng Domingos Ferreira 890 sl 208
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Rolando Theodoro Preto Junior
(51) 3227-1607
Rua Br do Gravataí 238 cj 301
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Marcelo D Martinez
(71) 3342-6074
Av Tancredo Neves 909 s 502
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Arnaldo Cecílio da Rocha
(21) 2262-4342
Rua Sen Dantas 76 gr 707
Itaquari, Espírito Santo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Roger Eing
(47) 3322-9739
Rua 15 de Novembro 1336 ap 22
Colatina, Espírito Santo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Olindo Neto
Rua Luiz Inácio P Melo 390
Carapina, Espírito Santo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Nilton Sodi Saueressig
Rua Germano Petersen Júnior 101 s 810
Colatina, Espírito Santo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Roberto Pasquali Santos Cirurgião Bucomaxilo
(77) 3421-3269
Av Otávio Santos 381 S 301 Recreio
Carapina, Espírito Santo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Adilson Paiva
(35) 3421-3576
Rua Cel Herculano Cobra 157
Colatina, Espírito Santo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Lourenço A R H Sá
(75) 3641-4635
Pc Independência s/n
Guarapari, Espírito Santo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Centro de Ortodontia

Fornecido por: 

Pesquisadores da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP tiveram uma idéia que vai facilitar o trabalho dos ortodontistas: usar resina colorida para colar os bráquetes do aparelho ortodôntico fixo. A medida será muito útil no momento de retirada do aparelho: a coloração vai permitir uma melhor visualização do local onde há resina para que ela seja totalmente removida dos dentes. A idéia já está em processo de patente.

"A inovação está no novo uso que demos à resina colorida. Atualmente ela é usada na odontologia apenas na caracterização de dentes, quando é preciso, por exemplo, deixá-los com manchas", explica o professor da FOB Paulo Afonso Silveira Francisconi. Ele foi o orientador do ortodontista Tiago Turri de Castro Ribeiro na monografia apresentada para o curso de Especialização em Ortodontia realizado entre 2002 e 2006 no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (Centrinho) da USP, em Bauru.

"O trabalho completo de retirada do aparelho ortodôntico fixo e limpeza dos dentes costuma levar, em média, cerca de duas horas, e é muito cansativo tanto para o ortodontista como para o paciente", explica o professor Francisconi. "Como a resina convencional não é visualizada facilmente, o profissional muitas vezes acaba deixando um pouco do produto nos dentes, o que pode levar ao acúmulo de restos de alimentos e de microorganismos no lugar, favorecendo o aparecimento da cárie. No caso de o ortodontista passar a broca onde não há resina, pode-se riscar ou desgastar o esmalte do dente", esclarece.

Os bráquetes são colados ao dente com a resina convencional que tem a mesma coloração dentária. O problema é quando chega o momento de retirar o aparelho. Quando os bráquetes são removidos, a resina fica colada ao dente. E é neste momento que a resina colorida vai facilitar o trabalho dos ortodontistas, pois permitirá uma melhor visualização de onde há resina, favorecendo sua retirada. "Este procedimento, de usar a resina convencional, da cor do dente, é usada em todo o mundo", lembra o professor.

Franciscone conta que, em 2007, ele foi um dos membros da banca examinadora que avaliou a pesquisa de doutorado do ortodontista Alexandre Fortes Drummond realizada na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). "A tese de Drummond comprovou que a maior dificuldade apresentada pelos ortodontistas era exatamente remover por completo os restos de resina dos dentes", informa.

Potencial de comercialização

Os testes foram realizados no Laboratório de Materiais Dentários da FOB. Para chegar à resina colorida, Tiago Turri de Castro Ribeiro conta que misturou corante da cor cinza e resina convencional em partes iguais em volume. "A capacidade adesiva da resina colorida foi semelhante ao da resina convencional. A colorida também se mostrou mais fácil de ser removida", conta Castro Ribeiro, que atualmente trabalha como ortodontista do Centrinho.

"Estamos agora faze...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net