Clínica de Fisioterapia Pelotas, Rio Grande do Sul

Encontre clínicas de fisioterapia em Pelotas. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Jose Antonio Leivas Lang
(53) 3222-5522
Rua Padre Anchieta 2445
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Marilene Lucas Oliveira Bicca
(53) 3222-7398
Rua Anchieta 2396
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Gisele Finkler da Fonseca
(51) 3231-0688
Rua Grao Para 36
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Thyrso Andrade Machado
(55) 3220-4438
R Av Presidente Vargas 2291
Santa Maria, Rio Grande do Sul
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Vaniza Kloeckner Farias
(54) 313-2307
Tiradentes 420 - Sala 1
Passo Fundo, Rio Grande do Sul
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Maria Cristina G Barbosa e Silva
(53) 3273-5103
Rua Senador Mendonça 301 - 403
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Claudete Mariza Dias Correa
(53) 222-1806
Rua Anchieta 2293
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Claudete Mariza Dias Correa
(53) 222-1806
Rua Anchieta 2293
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Jairo Aparicio Andrade Bueno
(51) 3330-3658
Ramiro Barcelos 1819 - 101
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Thyrso Andrade Machado
(55) 3220-4438
Presidente Vargas 2291
Santa Maria, Rio Grande do Sul
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Clínica de Fisioterapia

Fornecido por: 

Estudo avalia coordenação motora de crianças com Síndrome de Down.

Em pesquisa desenvolvida na Faculdade de Educação Física (FEF), o desempenho de crianças com Síndrome de Down em testes de coordenação e habilidades motoras não foi tão abaixo da média como se esperava. Segundo a educadora física Sonia Maria Lifante, autora da pesquisa, os resultados foram satisfatórios e indicaram que o estímulo da família, escola e sociedade são determinantes no desenvolvimento dessas crianças. “Teve criança de cinco anos que apresentou, no mesmo teste, condições melhores do que outra de 12 anos. Neste sentido, o ponto forte da pesquisa foi concluir que as funções motoras não deixam tanto a desejar em relação à média das crianças em geral”, destaca Sonia.

A ideia de aplicar dois testes distintos – de habilidades e de coordenação motora – foi implantada com o objetivo de se obter resultados mais eficientes. Em geral, os testes são aplicados em separado e, por isso, tendem a ser incompletos. Sonia explica que a coordenação motora está ligada à estrutura física da criança, enquanto as habilidades relacionam-se à freqüência da prática dos movimentos.

As duas funções são fundamentais para o Down, uma vez que o retardo mental pode também afetar o desenvolvimento motor, pois o andar, por exemplo, pode ocorrer com dois ou três anos de idade”, esclarece. Neste sentido, estimular a criança desde muito cedo com fisioterapia ou atividades como dança, artesanato, ginástica e outros seria o recomendável, na opinião da educadora física, para que o atraso diminua sensivelmente. 
Sonia foi...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net