Clínica de Implantodontia Bauru, São Paulo

Encontre clínica de implantodontia em Bauru. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Regina Magrini Guedes de Azevedo
(14) 3234-2302
R. Manoel Pereira Rolla 4-60
Bauru, São Paulo
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Lucimar Zingaretti
(16) 3633-6973
Rua Amapá 77
Ribeirão Preto, São Paulo
 
Amauri César Batista
(16) 3610-8514
Rua Olavo Bilac 814
Ribeirão Preto, São Paulo
 
Oswaldo Bignelli
(16) 3610-7267
Rua Quintino Bocaiúva 290
Ribeirão Preto, São Paulo
 
Eduardo Veloso Silva
(11) 4616-8382
Avenida Professor Joaquim Barreto 284 s 6
Cotia, São Paulo
 
Ruth Aparecida Massoli Vilela Borges
(16) 3983-1127
Rua São Paulo 68
Ribeirão Preto, São Paulo
 
Renato Marui
(11) 3684-0456
Rua Euclides da Cunha 176
Osasco, São Paulo
 
Eduardo Y Gondo
(11) 2455-2380
Rua 13 de Maio 570
Guarulhos, São Paulo
 
Fmm Odontologia Integrada
(11) 2461-2592
Avenida Tiradentes 1384
Guarulhos, São Paulo
 
Marcos César Sato
(11) 3654-0827
Avenida Diogo Antônio Feijó 194
Osasco, São Paulo
 
Dados Divulgados por

Clínica de Implantodontia

Fornecido por: 

Com o intuito de oferecer mais segurança durante cirurgias odontológicas, cientistas da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP desenvolveram um guia para orientar as radiografias e inserções de mini-implantes ortodônticos. Seu alto grau de precisão permite uma inserção segura dos mini-implantes entre as raízes dos dentes, evitando acidentes e complicações. Os resultados do estudo beneficiam diretamente os pacientes.

A pesquisa clínica intitulada Avaliação da Precisão de um Guia Radiográfico-Cirúrgico para Inserção de Mini-implantes foi coordenada pelo professor Sérgio Estelita Cavalcante Barros, sob a orientação do professor Guilherme Janson, ambos do Departamento de Odontopediatria, Ortodontia e Saúde Coletiva da FOB.

Barros explica que o mini-implante é um parafuso de titânio que, inserido no osso, serve para ancorar as forças ortodônticas e mover os dentes. “Quando fazemos uma extração dentária, fica um espaço que deve ser fechado. Nós apoiamos elásticos ou molas nos mini-implantes para movimentar os dentes em direção a esse espaço, fechando-o de maneira mais controlada e eficiente, este é um exemplo da aplicação clínica dos mini-implantes” explica Barros.

Porém, o mini-implante pode se perder facilmente caso seja inserido muito próximo ou em contato com a raiz do dente. Nesses casos, o implante pode se soltar depois de 15 ou 20 dias da inserção, sendo necessário retirá-lo e esperar a cicatrização para colocar um novo no mesmo local. O dispositivo proposto serve para guiar a inserção do mini-implante exatamente entre as raízes, que são muito próximas uma das outras. Assim, diminuem-se os riscos de uma lesão radicular (na raiz) e de perda do mini-implante.

Kelly Fernanda Galvão Chiqueto, pesquisadora que também participou do estudo, explica que o guia foi criado porque, nos últimos anos, os mini-implantes são muito usados na ortodontia e os riscos inerentes ao seu uso precisam ser melhor considerados. "Alguns profissionais têm trabalhado sem parâmetros clínicos, sem nenhum guia. Esta conduta é muito arriscada e aumenta muito a chance de o profissional acertar uma raiz, como de fato tem sido relatado. Por isso, o guia é importante".

Barros conta que “antes do guia fixava-se apenas um fio de metal sobre a gengiva e tirava-se uma radiografia para definir o local da inserção. Percebemos que era um método muito empírico e pouco preciso, que trazia muitos riscos...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net