Clínica de Neurologia Pediátrica Angra dos Reis, Rio de Janeiro

Encontre clínica de neurologia pediátrica em Angra dos Reis. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Juliano Victor Albuquerque Luna
(21) 2295-3449
Av Venceslau Bras 71 - Fundos
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Paulo Soares de Azevedo
(21) 2205-7223
Rua Barão do Flamengo 21 - 701
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Julio Cezar dos Santos
(24) 2231-4572
Rua Mal. Deodoro 46
Petropolis, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina de Tráfego

Dados Divulgados por
Alvaro Henrique Braga
257-6111
R. Br. de S. Francisco 373 - 301
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Larissa Correa Prieto
Est. Francisco da Cruz Nunes 5803
Niteroi, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Denise Menezes Seroa da Motta
(21) 2142-0935
Av. Franklin Roosevelt 166 - Sala 403
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Dailton Medeiros
(21) 2527-5500
R. Voluntarios da Patria 190 - 513
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Rosely Veneu Pinheiro
(21) 2234-7517
R Carmela Dutra 96
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Jose Antonio Abi Ramia
(21) 2189-9191
Rua Domingues de Sa 410 - Hospital
Niteroi, Rio de Janeiro
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Asilo da Velhice Desamparada
(22) 2772-7442
Rua Luis Belegard 540
Macae, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Clínica de Neurologia Pediátrica

Fornecido por: 

Crianças que cumprem muitas tarefas e que são muito cobradas são as mais propensas a sofrer de enxaqueca.
Em entrevista à Radiobrás, o neuropediatra Sérgio Henrique Veiga disse que os fatores emocionais e o estresse são os grandes responsáveis pela ocorrência de dores de cabeça fortes e periódicas nas crianças.  

"As crianças hoje são verdadeiros profissionais. Estudam um período, fazem inglês, espanhol no outro e até dois tipos de modalidade esportiva", disse o médico.

Segundo Sérgio Henrique, a solução seria diminuir as responsabilidades e as atividades da criança, para que ela relaxe de seus problemas.

"Quando algum fator emocional está envolvido, mesmo com tratamento medicamentoso, a enxaqueca pode voltar no futuro", alertou.

Os medicamentos só podem ser dados sob orientação médica. A cura definitiva, de acordo com Sérgio Henrique, só é possível se houver uma conciliação do tratamento com a melhoria da qualidade de vida e com a adoção de uma dieta adequada. A criança deve evitar alimentos gordurosos.

A enxaqueca é uma forte dor de cabeça sem causa específica, que pode vir acompanhada de vômito, alterações visuais, emocionais e tonturas.

A dor pode ser gerada por fatores hereditários, emocionais ou alimentares. Crianças de até três anos podem sofrer do mal, mas a freqüência maior é na idade escolar.

(Com informações da Agência Brasil)

Fonte: CNN
 

Data da Publicação: 1...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net