Dermatologista Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Encontre dermatologista em Campo Grande. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Lucia Maia Peron
(67) 3325-4041
R Rua da Paz 561 - Sala 04
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
CFIPS
(67) 3321-6760
r Bahia, 812 Jardim dos Estados
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Ana Paula Lanza Paes-Pediatra Neonatologista
(67) 3327-0129
r Mar Antilhas, 19 Chácara Cachoeira
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Clínica Alvorecer
(67) 3326-1461
r Goiás, 1210 Vila Paraíso
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Centro Medico Jorge Abri
(67) 3321-8921
r Antônio Maria Coelho, 2912 Vila da Saúde
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Mais Campo Grande Ms
(67) 3322-2100
Pedro Celestino 2670
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Celso Tabosa, Dr./Ultra-Sonografia Monte Líbano
(67) 3027-6137
r 7 Setembro, 1150 Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Angiomed Serviços Médicos e Laboratoriais Ltda
(79) 3211-3134
r João Calanzas,Ver, 93, Centro
Aracaju, Sergipe

Dados Divulgados por
Centro Médico
(67) 3321-2988
r 15 de Novembro, 1017 Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Centro Urologico Urovida
(67) 8126-8565
r Abrão Júliorahe, 1440 Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Dermatologista

Fornecido por: 

Joana chega ao consultório reclamando de queda de cabelo. Paula procura o dermatologista porque tem 30 anos e ainda está com acne. Marina vai ao médico preocupada com o excesso de pêlos no rosto. Mas, o que grande parte das pacientes não sabe é que esses problemas podem esconder doenças mais sérias: a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) e até mesmo o diabetes.

O alerta é da dermatologista Cristiane Dal Magro: "Muitos pacientes adultos nos procuram com o objetivo de acabar com a acne ou o excesso de pêlos e, em muitos casos, durante a investigação destes problemas, nós acabamos descobrindo que existem outras doenças que ainda não revelaram sintomas em outros locais".

Entre 5 e 10% da população feminina tem a SOP. Desse total, 25 % apresentam acne e 70 a 90% excesso de pêlos. O ciclo menstrual irregular também é um sintoma comum da Síndrome.

Pesquisas recentes revelam que algumas mulheres com acne possuem dificuldade em metabolizar açúcares, que é a chave do problema. Esse distúrbio ocorre com maior freqüência em pessoas jovens e obesas.

"Por um mecanismo ainda não conhecido a insulina não consegue ter sua ação normal, que é levar a glicose para dentro das células e transformá-la em energia. Com isso há uma produção cada vez maior de insulina. Esse aumento provoca a formação de múlitplos cistos no ovário, que produzem hormônios masculinos em excesso e a acne aparece como conseqüência. Neste caso, as espinhas podem ser sim uma manisfestação do diabetes", afirma a médica.

As mulheres precisam ficar atentas antes de se submeter a qualquer tratamento para acne ou excesso de pêlos faciais. A recomendação é fazer primeiro uma investigação laboratorial. Se alguma alteração for diagnosticada, o ginecologista ou endocrinologista deve orientar no tratamento. A Dra. Cristiane faz outro alerta: A taxa de lipídeos sanguíneos também deve ser avaliada, "pois podem ocorrer problemas no metabolismo das gorduras,...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net