Alergia São Paulo, São Paulo

Saiba quais são os principais causadores de alergias e como controlar a reação desencadeada por eles. Confira uma tabela com a descrição resumida desses agentes alérgicos e entenda as formas de diagnosticar o problema. O autor recomenda os procedimentos pa Consulte a lista de especialistas da área, em São Paulo.

Rosane Bleivas Bergwerk
113-8162
Mourato Coelho 1114
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Christine Haga Taminato
(11) 3714-2535
Milton de Sousa Quintino 111 S/2
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Luiz Carlos Ambrozio
(11) 6942-8882
Rua Tuiuti 2009 - Cj.91
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Luiz Augusto Marcondes Fonseca
113-6662
Angelica 916 - Cj. 701
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Maria Angela Capocci
(11) 3673-7851
R Coriolano 650
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Moacyr Chertman
(11) 5573-3156
Pelotas 657
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Ricardo Manoel de Oliveira
(11) 3065-0800
Av. Brasil 1150
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Nelson Pereira da Costa
Rua Sergipe 401 - 6 Andar Cj 608
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Maria do Carmo da Costa Aguiar Toschi
(11) 3284-8987
Praça Osvaldo Cruz de Sousa Dias 124
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Tiyomi Iizuka
116-2835
Ezequiel Freire 35 - Cj. 113
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Alergia

Fornecido por: 

As reações alérgicas ocorrem em cerca de 20% da população mundial ou brasileira e são devido a uma predisposição genética pré determinada e chamada de predisposição atópica, ou seja, estas pessoas têm uma tendência a reagir de uma maneira muito mais intensa,chamada de hiperreação à determinadas substâncias que invadem ou penetram no organismo e que são estranhas a ele. Estas substâncias podem penetrar por via oral,respiratória ou injetável e provocam um estímulo do sistema imunitário que reage fabricando uma imunoglobulina chamada IgE, capaz de se ligar a substância invasora mas também capaz de se ligar a células do organismo chamadas de mastócitos ou basófilos.



Quando ocorre uma invasão pela segunda vez ou outras vezes a substância pode se ligar a IgE já ligada aos mastócitos ou basófilos e aí causar uma reação que fará com que estas células se rompam e liberem produtos intracelulares nos tecidos ao redor e provocam então as reações alérgicas.



Estas reações são caracterizadas por prurido, edema, vasodilatação e constrição de músculos lisos. Secundariamente aparece também uma inflamação imunológica devido a migração de outras células para o local, principalmente eosinófilos, linfócitos,monócitos e plaquetas que tendem a manter a reação alérgica por muito mais tempo...

Continue sua leitura em Saúde e Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net