Câncer de colo-retal Pelotas, Rio Grande do Sul

Dietas com alto conteúdo de gordura, obesidade e sedentarismo, são alguns fatores de risco do câncer de colo-retal destacados pelo autor. Conheça os sintomas da doença e a forma de diagnóstico. Confira também os métodos de tratamento. Consulte a lista de especialistas da área, em Pelotas.

Felix Antonio Insaurriaga Santos
(53) 3225-5300
Santos Dumont 172 - 902
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Renato Azevedo da Silva
553-2292
R Gomes Carneiro 1560
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Maria Cristina G Barbosa e Silva
(53) 3273-5103
Rua Senador Mendonça 301 - 403
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Eduardo Balzano Maulaz
(51) 3343-6466
Marques do Pombal 783 - Conj 305
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Jose Francisco Courtois Almeida
(53) 3222-8265
Rua Santa Cruz 2093
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Margot Fetter Costa
(53) 3225-5941
Pca Piratinino Almeida 8 - 14
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Homero Bruno Klauck
533-2272
R Barao de Santa Tecla 583 - Sl. 901
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Marcelo Oliveira de Menezes
(53) 3225-5300
Santos Dumond 172 - 902
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Regis da Silveira
(55) 3512-6688
R Santa Rosa 980
Santa Rosa, Rio Grande do Sul
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Ernani Pinho de Moraes
(53) 3232-2185
General Vitorino 690
Rio Grande, Rio Grande do Sul
Especialidade
Gastroenterologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Câncer de colo-retal

Fornecido por: 

O câncer colo-retal abrange tumores que atingem o cólon (intestino grosso) e o reto. Tanto homens como mulheres são igualmente afetados, sendo uma doença tratável e freqüentemente curável quando localizada no intestino.


Epidemiologia






O câncer colo-retal é a terceira causa mais comum de morte por câncer, no Brasil.



Possui maior incidência na faixa etária entre 50 e 70 anos, mas as possibilidades de desenvolvimento já aumentam a partir dos 40 anos.



Segundo as Estimativas de Incidência e Mortalidade por Câncer no Brasil, publicadas pelo INCA, o número de casos novos previstos para o ano 2001 é de 7.795 entre homens e de 8.370 entre mulheres. Os óbitos esperados para o mesmo ano, entre homens e mulheres são, respectivamente, 3.355 e 3.875. A incidência de casos novos entre mulheres é de 9,65 para 100.000 habitantes, e entre os homens é de 9,31 para 100.000 habitantes. A mortalidade por câncer de cólon e reto pode ser controlada por meio de estratégias de detecção e tratamento precoces.



Fatores de Risco



Os principais fatores de risco são: dieta com alto conteúdo de gordura, carne e baixo teor de cálcio; obesidade e sedentarismo...

Continue sua leitura em Saúde e Movimento




Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net