Formação óssea Arapiraca, Alagoas

Entenda como agem os fármacos que alteram a formação e remodelação óssea. As autoras Claudia Simões, Joseane Carvalho e Marcília Morais descrevem a ação dos corticosteróides, diuréticos e outros. Confira os detalhes. Consulte a lista de especialistas da área, em Arapiraca.

Marlon Roberio Goncalves Fernandes
(08) 2521-2566
Rua Sao Francisco 470
Arapiraca, Alagoas
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Adeisa Maria Toledo Lyra
(82) 3305-5025
Av Governador Osman Loureiro 49 - Sala 309Centro Empres. Bussiness Tower
Maceio, Alagoas
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Otavio Cristiano Leite Cavalcante
(82) 3337-3191
Rua José Freire Moura 235 - 104
Maceio, Alagoas
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
João Manoel Veras Vieira
(82) 3377-1911
Av. João Davino 799
Maceio, Alagoas
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Marlon Roberio Goncalves Fernandes
(08) 2521-2566
Rua Sao Francisco 470
Arapiraca, Alagoas
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Roseana Porto Farias
(82) 3221-1447
Praça Afrênio Jorge 54 - ( Praça da Faculdade)
Maceio, Alagoas
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Thais de Paiva Torres Cardoso
(82) 3336-5957
R Goncalves Dias 207
Maceio, Alagoas
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Lucia Coelho Xavier
822-1217
Av Comendador Gustavo Paiva 2990 - Centro Medico Iguatemi
Maceio, Alagoas
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Marshal Italo Barros Fontes
Rua Prof. Silveira Camerino 1065
Maceio, Alagoas
Especialidade
Genética Médica

Dados Divulgados por
Vivianne Rocha de Santa Rosa
(82) 3355-8012
R Artur Bulhoes 93
Maceio, Alagoas
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Formação óssea

Fornecido por: 

Osteoporose - Como agem os fármacos que alteram a formação e/ou a remodelação óssea?

Corticosteróides:

diminuem a absorção intestinal e aumentam a excreção urinária de cálcio levando a hipocalcemia e aumento da secreção do paratormônio (PTH), com conseqüente estimulação da atividade osteoclástica; Saúde em Movimento.com.br

causam perda rápida de massa óssea trabecular (por exemplo, na coluna) de 10 a 20% num período de 6 a 12 meses, o que pode levar a fraturas; a administração concomitante de biofosfonatos pode evitar essa perda;

o uso de calcitriol nas dosagens de 0,5-1µg/dia mais 1g de cálcio pode prevenir a perda de massa óssea (pode ocorrer hipercalcemia em 25% dos pacientes);

o uso de calcifediol (25-hidroxi vitamina D) na dose de 40µg/dia aumenta a massa óssea, com menor risco de hipercalcemia;

após uma semana de tratamento com corticosteróides, ocorre diminuição da proteína Gla ou osteocalcina, que é uma proteína óssea originária da ação dos osteoblastos (um processo reversível);

o deflazacort (Calcort®) altera menos a absorção de cálcio e tem menos efeitos sobre o osso (Costa, 1998).

Proteínas:

As proteínas incrementam o sódio e o cálcio urinários, em conseqüência do aumento da ingestão de sódio e da acidose metabólica.

Café:

A ingestão de cafeína em quantidade maior do que 320 mg/dia (equivalente a 3-4 xícaras de café) pode aumentar a calciúria.

Álcool:

diminui a absorção de cálcio pelo intestino, causando hipocalcemia e, conseqüentemente, aumento da secreção do PTH;

diminui os metabólitos séricos ativos da vitamina D (pela hidroxilação hepática);

diminui a concentração da proteína Gla ou osteocalcina, cuja síntese depende da vitamina K, causando diminuição da atividade osteoclástica;

diminui a concentração da testosterona plasmática;

aumenta a concentração do cortisol plasmático. Saúde em Movimento.com.br Saúde em Movimento.com.br

Fármacos anticonvulsivantes:

A fenitoína e o fenobarbital interferem na hidroxilação da vitamina D no fígado.

Diuréticos tiazídicos e anilorida: Saúde em Movimento.com.br

diminuem a excreção renal de cálcio em relação ao sódio, pois o néfron distal não altera a reabsorção de cálcio;

diminui a calciúria, com ocorrência ou não de cálculo renal;

comumente indicados em pacientes com hipercalcemia (>4mg/dia ou 0,3g/g de creatinina).

Diuréticos furosemida e ácido etacrínico:

inibem a reabsorção de sódio na alça de Henle e interferem na reabsorção de cálcio, causando hipercalciúria;

usados na hipercalcemia. Saúde em Movimento.c...

aumentam a reabsorção e diminuem a formação ósseas;

diminuem a atividade osteoblástica com redução de receptores da vitamina D (diminuem a síntese da matriz e a mineralização);

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net