Formação óssea Luziânia, Goiás

Entenda como agem os fármacos que alteram a formação e remodelação óssea. As autoras Claudia Simões, Joseane Carvalho e Marcília Morais descrevem a ação dos corticosteróides, diuréticos e outros. Confira os detalhes. Consulte a lista de especialistas da área, em Luziânia.

Cilene Angelica Di Silva Ferro
(62) 3524-8743
Av. Contorno Nº 2151 2151 - Área do Terminal Rodoviário Norte
Goiania, Goiás
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Claudiane Martins de Oliveira
(62) 3213-1616
R 9 - a 447 Lapaci
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Susana Bernardes da Silva
(62) 3572-9071
Rua 68 70
Goiania, Goiás
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Lucinete Faria Duarte
(62) 3281-0202
R 123 - 232 Instituto Master
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Euclides Barboza de Oliveira
(62) 3241-0512
Rua R-12 número 47 - Setor Oeste Clínica Reparadora Humana - PRONTOFACE
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Jader Leonel de Paula
(62) 3242-0038
Al Cel Joaquim Bastos 20 - Femina Maternidade
Goiania, Goiás
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Humberto Borges Barbosa
(62) 3248-2859
Rua Gurupi Qd25 Lt6/8 000 - 1º Andar
Aparecida de Goiania, Goiás
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Nelcivone Soares de Melo
(62) 3219-9000
R 5 - 99 Hosp Santa Helena
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Eusa Maria de Paula Carneiro
(62) 3521-2400
Av Araguaia 78 - Lab Saluti
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Alina Erkai Torres Pimenta
(62) 3259-1004
R C 0264 - Qd 616 Lt 02
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Formação óssea

Fornecido por: 

Osteoporose - Como agem os fármacos que alteram a formação e/ou a remodelação óssea?

Corticosteróides:

diminuem a absorção intestinal e aumentam a excreção urinária de cálcio levando a hipocalcemia e aumento da secreção do paratormônio (PTH), com conseqüente estimulação da atividade osteoclástica; Saúde em Movimento.com.br

causam perda rápida de massa óssea trabecular (por exemplo, na coluna) de 10 a 20% num período de 6 a 12 meses, o que pode levar a fraturas; a administração concomitante de biofosfonatos pode evitar essa perda;

o uso de calcitriol nas dosagens de 0,5-1µg/dia mais 1g de cálcio pode prevenir a perda de massa óssea (pode ocorrer hipercalcemia em 25% dos pacientes);

o uso de calcifediol (25-hidroxi vitamina D) na dose de 40µg/dia aumenta a massa óssea, com menor risco de hipercalcemia;

após uma semana de tratamento com corticosteróides, ocorre diminuição da proteína Gla ou osteocalcina, que é uma proteína óssea originária da ação dos osteoblastos (um processo reversível);

o deflazacort (Calcort®) altera menos a absorção de cálcio e tem menos efeitos sobre o osso (Costa, 1998).

Proteínas:

As proteínas incrementam o sódio e o cálcio urinários, em conseqüência do aumento da ingestão de sódio e da acidose metabólica.

Café:

A ingestão de cafeína em quantidade maior do que 320 mg/dia (equivalente a 3-4 xícaras de café) pode aumentar a calciúria.

Álcool:

diminui a absorção de cálcio pelo intestino, causando hipocalcemia e, conseqüentemente, aumento da secreção do PTH;

diminui os metabólitos séricos ativos da vitamina D (pela hidroxilação hepática);

diminui a concentração da proteína Gla ou osteocalcina, cuja síntese depende da vitamina K, causando diminuição da atividade osteoclástica;

diminui a concentração da testosterona plasmática;

aumenta a concentração do cortisol plasmático. Saúde em Movimento.com.br Saúde em Movimento.com.br

Fármacos anticonvulsivantes:

A fenitoína e o fenobarbital interferem na hidroxilação da vitamina D no fígado.

Diuréticos tiazídicos e anilorida: Saúde em Movimento.com.br

diminuem a excreção renal de cálcio em relação ao sódio, pois o néfron distal não altera a reabsorção de cálcio;

diminui a calciúria, com ocorrência ou não de cálculo renal;

comumente indicados em pacientes com hipercalcemia (>4mg/dia ou 0,3g/g de creatinina).

Diuréticos furosemida e ácido etacrínico:

inibem a reabsorção de sódio na alça de Henle e interferem na reabsorção de cálcio, causando hipercalciúria;

usados na hipercalcemia. Saúde em Movimento.c...

aumentam a reabsorção e diminuem a formação ósseas;

diminuem a atividade osteoblástica com redução de receptores da vitamina D (diminuem a síntese da matriz e a mineralização);

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net