Formação óssea Macapá, Amapá

Entenda como agem os fármacos que alteram a formação e remodelação óssea. As autoras Claudia Simões, Joseane Carvalho e Marcília Morais descrevem a ação dos corticosteróides, diuréticos e outros. Confira os detalhes. Consulte a lista de especialistas da área, em Macapá.

Paulo Roberto Balbino
(96) 3223-0737
Avenida 13 - de Setembro 543
Macapa, Amapá
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Joana Silva Carvalho/Hemodiagnostico
700-0705
Av. Coaracyunes 890
Macapa, Amapá
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
R. S. Amorim - Me
(96) 3217-0333
av Mendonça Júnior, 543, Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Clínica Santa Rita Ltda
(96) 3222-5699
av José Antônio Siqueira, 751, Laguinho
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
M J Bahia Ltda - Me
(96) 3224-1569
av Coaracy Nunes, 1236, Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
José Carlos Esteves Gondim
(96) 3217-2200
Av. Raimundo Alvares da Costa 0000 - Posto da UNIMED
Macapa, Amapá
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
S C da Silva Lab Diagnose
(96) 223-4554
Av Raimundo a da Costa 336
Macapa, Amapá
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Sigma
(96) 3223-4188
av Ernestino Borges, 795
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
L R Fernandes Garcia
(96) 3222-1645
av Ernestino Borges, 172, Laguinho
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
M. T. R. Goncalves - Me
(96) 3222-2360
av FAB, 1835, Central
Macapá, Amapá

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Formação óssea

Fornecido por: 

Osteoporose - Como agem os fármacos que alteram a formação e/ou a remodelação óssea?

Corticosteróides:

diminuem a absorção intestinal e aumentam a excreção urinária de cálcio levando a hipocalcemia e aumento da secreção do paratormônio (PTH), com conseqüente estimulação da atividade osteoclástica; Saúde em Movimento.com.br

causam perda rápida de massa óssea trabecular (por exemplo, na coluna) de 10 a 20% num período de 6 a 12 meses, o que pode levar a fraturas; a administração concomitante de biofosfonatos pode evitar essa perda;

o uso de calcitriol nas dosagens de 0,5-1µg/dia mais 1g de cálcio pode prevenir a perda de massa óssea (pode ocorrer hipercalcemia em 25% dos pacientes);

o uso de calcifediol (25-hidroxi vitamina D) na dose de 40µg/dia aumenta a massa óssea, com menor risco de hipercalcemia;

após uma semana de tratamento com corticosteróides, ocorre diminuição da proteína Gla ou osteocalcina, que é uma proteína óssea originária da ação dos osteoblastos (um processo reversível);

o deflazacort (Calcort®) altera menos a absorção de cálcio e tem menos efeitos sobre o osso (Costa, 1998).

Proteínas:

As proteínas incrementam o sódio e o cálcio urinários, em conseqüência do aumento da ingestão de sódio e da acidose metabólica.

Café:

A ingestão de cafeína em quantidade maior do que 320 mg/dia (equivalente a 3-4 xícaras de café) pode aumentar a calciúria.

Álcool:

diminui a absorção de cálcio pelo intestino, causando hipocalcemia e, conseqüentemente, aumento da secreção do PTH;

diminui os metabólitos séricos ativos da vitamina D (pela hidroxilação hepática);

diminui a concentração da proteína Gla ou osteocalcina, cuja síntese depende da vitamina K, causando diminuição da atividade osteoclástica;

diminui a concentração da testosterona plasmática;

aumenta a concentração do cortisol plasmático. Saúde em Movimento.com.br Saúde em Movimento.com.br

Fármacos anticonvulsivantes:

A fenitoína e o fenobarbital interferem na hidroxilação da vitamina D no fígado.

Diuréticos tiazídicos e anilorida: Saúde em Movimento.com.br

diminuem a excreção renal de cálcio em relação ao sódio, pois o néfron distal não altera a reabsorção de cálcio;

diminui a calciúria, com ocorrência ou não de cálculo renal;

comumente indicados em pacientes com hipercalcemia (>4mg/dia ou 0,3g/g de creatinina).

Diuréticos furosemida e ácido etacrínico:

inibem a reabsorção de sódio na alça de Henle e interferem na reabsorção de cálcio, causando hipercalciúria;

usados na hipercalcemia. Saúde em Movimento.c...

aumentam a reabsorção e diminuem a formação ósseas;

diminuem a atividade osteoblástica com redução de receptores da vitamina D (diminuem a síntese da matriz e a mineralização);

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net