Sintomas da apnéia do sono Vitória, Espírito Santo

Saiba quais são os sinais da apnéia do sono. O médico Ronaldo Gomes de Almeida descreve as principais características clínicas desse distúrbio. "O ronco geralmente se associa com elevada prevalência", ele destaca. Consulte a lista de especialistas da área, em Vitória.

Alfredo Silbermann Medicina Nuclear
273-3155
R Jose Teixeira 300 - Junto a Vila Diagnostico
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Alceu de Azevedo Falcao Neto
(27) 3225-6224
Av. Ns. da Penha 367
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
Clínica Santa Isabel
(27) 3200-3448
av César Hilal, 1325, Praia do Sua
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Cliar - Clínica de Aparelho Respiratório
(27) 3225-6518
r Leocádia Pedra dos Santos, 130, Enseada do Suá
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Centro - Clinica Medica e Seguranca do Trabalho Ltda
(27) 3327-4758
av Adalberto Simão Nader, 1601, República
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Lilian Rodrigues Leitao
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Henrique Tomasi Anal Clin Pat
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Cemev Centro Medico Vitoria Ltda
(27) 3345-3100
r Sarmento,Prof, 151, Praia do Suá
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
CDI - Centro de Diagnóstico por Imagem
(27) 3334-1313
r José Teixeira, 509, Pr do Canto
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Cais - Centro de Atencao Integral A Saude do Adolescente e Adulto Jovem Ltda.
(27) 3227-6302
r Neves Armond, 55, Sl 101, Pr do Suá
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Sintomas da apnéia do sono

Fornecido por: 

Apnéia do sono - O perfil do portador

E esta doença tem uma certa predisposição familiar sendo mais freqüente no sexo masculino e em indivíduos com excesso de peso. O ronco geralmente se associa com elevada prevalência, contudo, em ocasiões, pode estar ausente. Acredita-se que a apnéia do sono afeta mais de 5% das mulheres e 15% dos homens na faixa etária de 30 a 60 anos e que 19% das mulheres e 34% dos homens que habitualmente roncam padecem desse distúrbio. A obstrutiva apnéia do sono é tão prevalente quanto a asma no adulto , contudo, aproximadamente 95% dos pacientes não são adequadamente diagnosticados e tratados. As principais características clínicas da apnéia do sono são:
  • Sonolência diurna excessiva-hipersonolência
  • Roncos noturnos-podendo ultrapassar a mais de 60 decibéis
  • Obesidade
  • Apnéias
  • Enurese
  • Refluxo gastroesofágico
  • Fadiga diurna excessiva
  • Sono não reparador-sensação de cansaço ao despertar
  • Despertares freqüentes durante a noite
  • Perda progressiva da memória e dificuldade de concentração
  • Cardiopatias associadas: Arritimías (extrassístole, taquicardía ventricular, pausa sinusal e bloqueio A-V), Hipertensão arterial do tipo dipper e principalmente non-dipper, Angima, Infarto do miocárdio, cor pulmonale e Insuficiência cardíaca.
  • Sudorese noturna
  • Diminuição da líbido
  • Cafaléia matutina
  • Micrognatia ou retrognatia
  • Depressão
  • Irritabilidade
  • Modificação da personalidade e da voz

A sonolência diurna e excessiva e difícil de se identificar, pois, especialmente se for discreta, o paciente não pode dar a devida importância ou até mesmo minimizá-la. Ao contrário, pode ser supervalorizada por alguns indivíduos. Resulta, por tanto, importante precisar em que situações aparece a hipersônia. No laboratório do sono, a hipersônia pode ser quantificada mediante o teste de latência multipla do sono (MSLT). A partir de uma aproximação subjetiva pode-se distinguir os seguintes padrões de sonolência:

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net