Episódio Depressivo Maior Alegrete, Rio Grande do Sul

Uma crise de depressão intensa pode ser um dos sintomas do Episódio Depressivo Maior. Investigue os sinais desse transtorno. G.J. Ballone descreve as características relativas a esse estado. Consulte a lista de especialistas da área, em Alegrete.

Caio César Piffero Gomes
(55) 3221-6478
r Acampamento, 60 sala 13, Centro
Santa Maria, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Denise Quintão
(51) 3472-7022
r Muck, 344 cj 604, Centro
Canoas, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Consultório de Psicologia
(51) 8477-8635
Av Liberdade, 1957, sala 9 (C)
Viamão, Rio Grande do Sul
 
Clínica Psicológica Rosmeri
(54) 3214-5868
r Borges Medeiros, 677 s 13, Centro
Caxias do Sul, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Consultório Psicologia
(53) 9944-0557
Luis mércio Teixeira 1447
Bagé, Rio Grande do Sul
 
Help- Assessoria Psicologica Sociedade Simples Ltda
(51) 3383-0657
r Matias José Bins, 606, Três Figueiras
Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Instituto Sandor Ferenczi
(53) 3227-2333
r Pe Anchieta, 3275, Centro
Pelotas, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Psicologo especialista em crianças e adolescentes
32252566 ou 81111350
Gonçalves chaves 962, sala 601
pelotas, Rio Grande do Sul
 
Andressa Grando Hoewell - Psicóloga
(51) 8433-0599
r Fioravante Milanez, 58 S 404, Centro
Canoas, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Clínica Tratto - Tratamento Integrado em Saúde
51-92847226 51-30320969
Ipiranga, 95 sala 406 Centro Canoas
Canoas, Rio Grande do Sul
 
Dados Divulgados por

Episódio Depressivo Maior

Fornecido por: 

A característica essencial de um Episódio Depressivo Maior é um período mínimo de 2 semanas, durante as quais há um humor deprimido ou perda de interesse ou prazer por quase todas as atividades. Em crianças e adolescentes, o humor pode ser irritável ao invés de triste.



O indivíduo também deve experimentar pelo menos quatro sintomas adicionais, extraídos de uma lista que inclui: alterações no apetite ou peso, sono e atividade psicomotora; diminuição da energia; sentimentos de desvalia ou culpa; dificuldades para pensar, concentrar-se ou tomar decisões, ou pensamentos recorrentes sobre morte ou ideação suicida, planos ou tentativas de suicídio.



A fim de contabilizar para um Episódio Depressivo Maior, a presença de um sintoma deve ser recente ou então ter claramente piorado, em comparação com o estado pré-episódico da pessoa. Os sintomas devem persistir na maior parte do dia, praticamente todos os dias, por pelo menos 2 semanas consecutivas.




O episódio deve ser acompanhado por sofrimento ou prejuízo clinicamente significativo no funcionamento social, profissional ou outras áreas importantes da vida do indivíduo. Para alguns indivíduos com episódios mais leves, o funcionamento pode parecer normal, mas exige um esforço acentuadamente aumentado.





O humor em um Episódio Depressivo Maior freqüentemente é descrito pela pessoa como deprimido, triste, desesperançado, desencorajado ou "na fossa" (Critério A1). Em alguns casos, a tristeza pode ser inicialmente negada, mas subseqüentemente pode...

Continue sua leitura em Saúde e Movimento



Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net