Distimia Toledo, Paraná

Saiba como é diagnosticado o transtorno distímico. G. J. Ballone explica as características da distimia. Ele detalhas os critérios para o parecer clínico. "Os sintomas depressivos podem ser um aspecto associado em Transtornos Psicóticos crônicos", destaca. Consulte a lista de especialistas da área, em Toledo.

Espaço Psi
(44) 3034-9258
Rua Santos Dumont, 3472. Sala 607
Maringá, Paraná
 
Casulo Clinica de Psicologia S/s
(41) 3233-0843
r Paula Gomes, 864, Tr, São Francisco
Curitiba, Paraná

Dados Divulgados por
Franciele M. de Souza
41 88216466 33813400
Alcídio Viana
SAO JOSE DOS PINHAIS, Paraná
 
CLÍNICAPSICANALÍTICA
(44) 3028-9385
NÉO ALVES MARTINS,3.176
MARINGÁ, Paraná
 
DRA ROCIMAR SANTOS RODBARD
(41) 9818-4931
RUA ANGELO SAMPAIO 540
CURITIBA, Paraná
 
Clínica Psiqué Drª Fatima Schultz
(41) 3282-4197
r Alcídio Viana, 1013, S Pedro
São José dos Pinhais, Paraná

Dados Divulgados por
ATIVA RH ASSESSORIA
(45) 3025-7103
RUA BENJAMIN CONSTANT 314 SALA 304
FOZ DO IGUAÇU, Paraná
 
Consultório de Psicologia. Psicóloga Liege Valquíria Bianchini Fonseca
(41) 8459-9519
R. José Loureiro, 464 - 2º andar , Sala 26
Curitiba, Paraná
 
Centro de Atendimento Psicológico
(43) 3324-1023
av Bandeirantes, 700, Vila Ipiranga
Londrina, Paraná

Dados Divulgados por
Clinica de Psicologia e Psicopedagogia Viva Mais
(41) 3282-5718
Rua Izabel Redentora, 1826 - sl 09
São José dos Pinhais, Paraná
 
Dados Divulgados por

Distimia

Fornecido por: 

A característica essencial do Transtorno Distímico é um humor cronicamente deprimido que ocorre na maior parte do dia, na maioria dos dias, por pelo menos 2 anos (Critério A). Os indivíduos com Transtorno Distímico descrevem seu humor como triste ou "na fossa". Em crianças, o humor pode ser irritável ao invés de deprimido, e a duração mínima exigida é de apenas 1 ano.




Durante os períodos de humor deprimido, pelo menos dois dos seguintes sintomas adicionais estão presentes: apetite diminuído ou hiperfagia, insônia ou hipersonia, baixa energia ou fadiga, baixa auto-estima, fraca concentração ou dificuldade em tomar decisões e sentimentos de desesperança (Critério B).

Os indivíduos podem notar a presença proeminente de baixo interesse e de autocrítica, freqüentemente vendo a si mesmos como desinteressantes ou incapazes.



Como estes sintomas tornaram-se uma parte tão presente na experiência cotidiana do indivíduo (por ex., "Sempre fui deste jeito", "É assim que sou"), eles em geral não são relatados, a menos que diretamente investigados pelo entrevistador.





Durante o período de 2 anos (1 ano para crianças ou adolescentes), qualquer intervalo livre de sintomas não dura mais do que 2 meses (Critério C). O diagnóstico de Transtorno Distímico pode ser feito apenas se no período inicial de 2 anos de sintomas distímicos não houve Episódios Depressivos Maiores (Critério D).



Se os sintomas depressivos crônicos incluem um Episódio Depressivo Maior durante os 2 anos iniciais, então o diagnóstico é de Transtorno Depressivo Maior, Crônico (se todos os critérios para um Episódio Depressivo Maior são satisfeitos), ou Transtorno Depressivo Maior, em Remissão Parcial (se todos os critérios para um Episódio Depressivo Maior não são satisfeitos atualmente). Após os 2 anos...

Continue sua leitura em Saúde e Movimento


Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net