Peste São Leopoldo, Rio Grande do Sul

A peste se manifesta em três formas, bubônica, septicêmica e pneumônica. Estude sobre os seus aspectos patológicos. Entenda também sobre a epidemologia dessa doença. Confira a descrição completa de suas características. Consulte a lista de especialistas da área, em São Leopoldo.

Alexandre Prehn Zavascki
(51) 3362-1850
Jose Scutari 260
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Paulo Renato Petersen Behar
(51) 3343-4100
Av. Bagé 1292 - Apto 301
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Eduardo Sprinz
(51) 3330-2961
Av. Taquara 198 - Cj. 204
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Jane Margarete Costa
(55) 3221-8941
Pinheiro Machado 2350 - 307 B
Santa Maria, Rio Grande do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Roseli Stone Vieira
533-2339
R Aquidaban 746 - C
Rio Grande, Rio Grande do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Marilia Maria dos Santos Severo
(51) 3343-4100
Av. Bagé 1292 - Apto 301
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Thays Kepplin Prola
(51) 3311-4144
Rua Santo Antônio 434 - 302
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Ana Maria Sandri
(51) 3336-1235
Av. Ipiranga 6690 - Sl 704
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Marilia Maria dos Santos Severo
(51) 3343-4100
Av. Bagé 1292 - Apto 301
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Alexandre Prehn Zavascki
(51) 3362-1850
Jose Scutari 260
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Infectologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Peste

Fornecido por: 

Peste




Aspectos Clínicos


Descrição - A peste se manifesta sob 3 formas: bubônica, septicêmica e pneumônica. A bubônica ou ganglionar varia desde formas ambulatoriais abortivas, que apresentam adenopatia com ou sem supuração, até formas graves e letais.

As formas graves têm início abrupto, com febre alta, calafrios, cefaléia intensa, dores generalizadas, anorexia, náuseas, vômitos, confusão mental, congestão das conjuntivas, pulso rápido e irregular, taquicardia, hipotensão arterial, prostração e mal-estar geral.

Após 2 ou 3 dias, aparecem as manifestações de inflamação aguda e dolorosa dos gânglios linfáticos da região que foi o ponto de entrada da bactéria (bubão pestoso), onde a pele fica brilhosa, distendida, vermelha violácea, com ou sem hemorragias e necrose.

São bastante dolorosas e fistulizam com drenagem de material purulento.

A septicêmica primária, com bacilo no sangue, em pacientes com baixa resistência: febre elevada, hipotensão arterial, grande prostração, dispnéia, fácies de estupor, hemorragias cutâneas, às vezes serosas e mucosas e até nos órgãos internos.

Coma e morte no fim de dois ou três dias, se não houver tratamento.

Geralmente, a peste septicêmica aparece na fase terminal da peste bubônica não tratada. A forma pneumônica pode ser primária ou...


Continue sua leitura em Saúde e Movimento


Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net