Médicos - Anestesiologia Boa Vista, Roraima

Encontre médicos - anestesiologia em Boa Vista. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

DR Ruy Guilherme S Souza
(95) 224-1460
r Melvim Jones, São Pedro
Boa Vista, Roraima
 
CTG Querência
(95) 224-1381
av Brigadeiro Eduardo Gomes, 1000, São Francisco
Boa Vista, Roraima
 
DR Henrique José Schiaveto
(95) 224-1460
r Melvim Jones, São Pedro
Boa Vista, Roraima
 
Coml Maruai
(95) 224-2006
av Getulio Vargas, 923, Centro
Boa Vista, Roraima
 
Iate Clube Boa Vista
(95) 623-4100
r D M Paracar SN
Boa Vista, Roraima
 
Dra Ana Lilia GB Souza e Dra Jucineide Vieira Araújo
(95) 224-1460
r Melvim Jones, São Pedro
Boa Vista, Roraima
 
Alacia Beschorner
(95) 625-1375
r Mario Homem de Melo, 4783, qd 50, Nova Canaã
Boa Vista, Roraima
 
Leopoldo Augusto Araújo Ponchet Fl
(95) 224-0186
r Presidente Costa e Silva, 1249, São Pedro
Boa Vista, Roraima
 
DR Francisco Ferreira de Freitas Jr
(95) 224-1433
r Barreto Leite, Centro
Boa Vista, Roraima
 
Estádio 13 Setembro
(95) 623-2012
pc Centro Civico, Centro
Boa Vista, Roraima
 

Médicos - Anestesiologia

Fornecido por: 

Ouvir música na sala de recuperação anestésica faz bem ao paciente operado

Pesquisadores da Suécia afirmam também que os pacientes identificam as diferenças no som a que estão submetidos durante a recuperação imediata após a anestesia.

Música ambiente tem sido utilizada em determinados setores de hospitais como na emergência, enfermarias específicas ou unidades de terapia intensiva. Neste sentido, pesquisadores do Malmoe University Hospital e do Örebro University Hospital, na Suécia, investigaram quais seriam os efeitos caso música fosse oferecida em uma unidade de recuperação anestésica e chegaram à conclusão de que tal método se constitui em benefício para os pacientes.

Segundo artigo publicado na Intensive and Critical Care Nursing de agosto de 2009, os pesquisadores compararam presença de música ambiente com o som costumeiro de uma unidade pós-anestésica com os seguintes objetivos: testar como hipótese se os pacientes experimentariam um grau mais alto de bem-estar ao ouvir música durante sua recuperação imediata pós-operatória; determinar diferenças entre os dois grupos de pacientes ao longo do tempo, avaliar objetivamente a importância do ambiente acústico e aferir se os pacientes preferem ouvir melodias durante suas internações.

"Os dois grupos foram submetidos a uma intervenção dividida em três fases: o grupo um (n = 23) foi submetido à música - som normal - música; e o segundo grupo (n = 21), som normal - música - som normal. Cada período durou 30 minutos e após cada período os pacientes avaliaram suas experiências sonoras", explicam os autores no texto.

Segundo eles, os resultados demonstraram uma diferença significativa entre os grupos, "com grandes proporções de pacientes relatando que o ambiente acústico foi de suma importância para o bem-estar durante a intervenção em 3 fases". Além disso, a maioria dos pacientes afirmou que identificou ter sido exposta a diferentes sons durante a internação na unidade pós-anestésica.

Para os pesq...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net