Médicos - Gastroenterologia Cabo Frio, Rio de Janeiro

Encontre médicos- gastroenterologia em Cabo Frio. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Alexandre Mônaco
(21) 2719-7680
R Miguel de Frias 77 - Sl. 813 a 816
Niteroi, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Paulo Soares de Azevedo
(21) 2205-7223
Rua Barão do Flamengo 21 - 701
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Cristovão Fonseca Labuto Junior
(21) 2756-0114
Ginecologia e Obstetrícia Medicina Intensiva
Sao Joao de Meriti, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Osteodens Investigacao Doencas Osseas
Avenida Ataulfo de Paiva 355 - Sala 202
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Arquimedes Lima
(22) 2665-1709
Rua Oscar Clark 151 - L 4
Araruama, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Alvaro Henrique Braga
257-6111
R. Br. de S. Francisco 373 - 301
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Eduardo de Almeida Mattos
(21) 2667-1870
Humberto Gentil Baroni 132
Nova Iguacu, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Asilo da Velhice Desamparada
(22) 2772-7442
Rua Luis Belegard 540
Macae, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Nuclear

Dados Divulgados por
Larissa Correa Prieto
Est. Francisco da Cruz Nunes 5803
Niteroi, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Rubens Carmo Costa Filho
(21) 2528-1547
Atahualpa 86 - 1
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Médicos - Gastroenterologia

Fornecido por: 

O termo gastrite significa inflamação da mucosa gástrica. Há vários tipos de gastrite, sendo que as mais comuns são:

  • Gastrite por estresse: ocorre durante uma doença grave, principalmente em pacientes na UTI, sendo relacionada com doença clínica ou cirúrgica (insuficiência renal, respiratória, hipotensão, politraumatismo, queimaduras extensas).
  • Gastrite por antiinflamatórios não-esteroidais: apresenta-se como lesões do estômago, relacionada geralmente ao uso crônico de antiinflamatórios não hormonais e aspirina (principalmente nos idosos).
  • Gastrite não-erosivas: encontradas com frequência em indivíduos sem sintomas e consiste em alterações antiinflamatórias em que a mucosa se apresenta macroscopicamente normal.

As úlceras pépticas ou também chamadas de gastroduodenais são alterações que podem ocorrer quando a mucosa do trato gastrointestinal entra em contato com o suco gástrico, devido a uma perda do equilíbrio existente entre os fatores defensivos e agressivos da mucosa ou por outros fatores.

As úlceras podem ser duodenais ou gástricas, dependendo da região atingida, ou seja, mucosa duodenal ou gástrica.

C ausas da doença

Na úlcera duodenal predominam os fatores agressivos, ou seja, a produção de ácido clorídrico está quase sempre aumentada (hipercloridia) ou ocorre um desequilíbrio na neutralização da secreção ácida. Esta hipercloridia pode ocorrer devido os seguintes fatores: estresse, esvaziamento acelerado do estômago, colonização por Helycobacter pylori (bactéria que produz substâncias capazes de provocar lesões na mucosa) e outros. Na úlcera gástrica, em geral, existe uma falha nos mecanismos de defesa, por exemplo, uma alteração na composição do muco gástrico.

D iagnóstico

Embora a úlcera duodenal e gástrica sejam doenças distintas, seu diagnóstico e quadro clínico são bastante semelhantes. O estudo diagnóstico da úlcera péptica deve-se fundamentar na anamnese, exame físico e exames complementares.

Os pacientes assintomáticos podem evoluir deste modo durante longos períodos e a sua primeira manifestação clínica pode ser uma complicação grave, podendo levar a quadros hemorrágicos. Nos sintomáticos, a dor é o sintoma mais comum. Esta, pode se manifestar através de várias formas, como a sensação de "vazio no estômago" ou "queimação".

Outros sintomas presentes são: sensação de peso e estufamento pós-prandial (isto é, após alimentar-se), náuseas e vômitos.

Com relação aos exames complementares, o mais importante é a endoscopia, que possibilita, em quase todos os casos, detectar a presença da lesão.

T ratamento

No caso das gastrites, geralmente utilizam-se antisecretores tanto na prevenção como no tratamento das lesões.

Para os pacientes portadadores de úlcera ...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net