Médicos - Gastroenterologia Teresópolis, Rio de Janeiro

Encontre médicos- gastroenterologia em Teresópolis. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Julio Cezar dos Santos
(24) 2231-4572
Rua Mal. Deodoro 46
Petropolis, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina de Tráfego

Dados Divulgados por
Marlene Couto Campos
2196-0333
R. Cd. de Bonfim 255 - 703
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
José Delzuith Maranhâo Filho
(21) 2268-4496
Rua Dona Delfina 12 - Casa 5
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Eduardo de Mendonca e Silva
2254-5194
R. Gal. Roca 685 - 601
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Alvaro Henrique Braga
257-6111
R. Br. de S. Francisco 373 - 301
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Marcelo Garcia Araújo
(21) 9358-3561
R. Conde de Porto Alegre 477 - 1008/1010
Duque de Caxias, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Alexandre Mônaco
(21) 2719-7680
R Miguel de Frias 77 - Sl. 813 a 816
Niteroi, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Gerson Carakushansky
(21) 2547-6838
Av. N. S. de Copacabana 500 - Conj. 611
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Genética Médica

Dados Divulgados por
Clara Rey
(21) 9239-8112
Am. Tamandaré 33 - 503
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Medicina Preventiva e Social

Dados Divulgados por
Gloria Regina Dacheux Mazzaroppi
255-6863
R. Alm. Tamandare 66 - 624
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Médicos - Gastroenterologia

Fornecido por: 

O termo gastrite significa inflamação da mucosa gástrica. Há vários tipos de gastrite, sendo que as mais comuns são:

  • Gastrite por estresse: ocorre durante uma doença grave, principalmente em pacientes na UTI, sendo relacionada com doença clínica ou cirúrgica (insuficiência renal, respiratória, hipotensão, politraumatismo, queimaduras extensas).
  • Gastrite por antiinflamatórios não-esteroidais: apresenta-se como lesões do estômago, relacionada geralmente ao uso crônico de antiinflamatórios não hormonais e aspirina (principalmente nos idosos).
  • Gastrite não-erosivas: encontradas com frequência em indivíduos sem sintomas e consiste em alterações antiinflamatórias em que a mucosa se apresenta macroscopicamente normal.

As úlceras pépticas ou também chamadas de gastroduodenais são alterações que podem ocorrer quando a mucosa do trato gastrointestinal entra em contato com o suco gástrico, devido a uma perda do equilíbrio existente entre os fatores defensivos e agressivos da mucosa ou por outros fatores.

As úlceras podem ser duodenais ou gástricas, dependendo da região atingida, ou seja, mucosa duodenal ou gástrica.

C ausas da doença

Na úlcera duodenal predominam os fatores agressivos, ou seja, a produção de ácido clorídrico está quase sempre aumentada (hipercloridia) ou ocorre um desequilíbrio na neutralização da secreção ácida. Esta hipercloridia pode ocorrer devido os seguintes fatores: estresse, esvaziamento acelerado do estômago, colonização por Helycobacter pylori (bactéria que produz substâncias capazes de provocar lesões na mucosa) e outros. Na úlcera gástrica, em geral, existe uma falha nos mecanismos de defesa, por exemplo, uma alteração na composição do muco gástrico.

D iagnóstico

Embora a úlcera duodenal e gástrica sejam doenças distintas, seu diagnóstico e quadro clínico são bastante semelhantes. O estudo diagnóstico da úlcera péptica deve-se fundamentar na anamnese, exame físico e exames complementares.

Os pacientes assintomáticos podem evoluir deste modo durante longos períodos e a sua primeira manifestação clínica pode ser uma complicação grave, podendo levar a quadros hemorrágicos. Nos sintomáticos, a dor é o sintoma mais comum. Esta, pode se manifestar através de várias formas, como a sensação de "vazio no estômago" ou "queimação".

Outros sintomas presentes são: sensação de peso e estufamento pós-prandial (isto é, após alimentar-se), náuseas e vômitos.

Com relação aos exames complementares, o mais importante é a endoscopia, que possibilita, em quase todos os casos, detectar a presença da lesão.

T ratamento

No caso das gastrites, geralmente utilizam-se antisecretores tanto na prevenção como no tratamento das lesões.

Para os pacientes portadadores de úlcera ...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net