Médicos - Mastologia Toledo, Paraná

Encontre médicos - mastologia em Toledo. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Regional Hospital de Caridade N. Sra. Aparecida
(42) 3524-3388
Br 476 - Km 03
Uniao Da Vitoria, Paraná
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Jose Almeida Fonseca
232-1533
R Major Otavioovaes 112
Castro, Paraná
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Marco Cesar Palumbo Maggi
(44) 3622-4200
Rua Min. Oliveira Salazar 4253
Umuarama, Paraná
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Iara Rute Correa Duarte
(45) 9933-0288
Rua das Palmas 188 - Jardim das Flores
Curitiba, Paraná
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Renato da Silva Freitas
(41) 3335-7474
R. Solimões 1154 Merces
Curitiba, Paraná
Especialidade
Cirurgia Cranio-Maxilo-Facial

Dados Divulgados por
Alair Alfredo Berbert
(43) 3334-0606
Rua Amador Bueno 268
Londrina, Paraná
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Paulo Renato Calliari
(41) 3224-3346
R. Lourenço Pinto 196 - Cj 802
Curitiba, Paraná
Especialidade
Medicina de Tráfego

Dados Divulgados por
Salmo Raskin
(41) 3306-6838
Rua Saldanha Marinho 1782
Curitiba, Paraná
Especialidade
Genética Médica

Dados Divulgados por
Claudio Tacashi Takada
(41) 9157-2909
Av: João Gualberto 1988
Curitiba, Paraná
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Champagnat Clin. e Lab.
(41) 3335-5252
Rua Des. Isaias Bevilaqua 512
Curitiba, Paraná
Especialidade
Genética Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Médicos - Mastologia

Fornecido por: 

Cientistas da Universidade de Duke, em Durham, na Carolina do Norte, desenvolveram uma forma de detectar tumores no seio sem a necessidade de cirurgia.

Até hoje, os médicos só podiam detectar se o caroço era benigno ou maligno através de biopsia - quando um pedaço do tecido é removido cirurgicamente - ou através da retirada de material com uma agulha.

Os cientistas conseguiram, através de ondas sonoras, detectar como o caroço se movimenta dentro do corpo.

O chefe da pesquisa, a médica Katherine Nightingale, disse que cada tecido se manifesta de uma forma.

Diferenças

As indicações são de que os caroços malignos são mais duros e se movem menos quando tocados.

Especialistas em câncer dizem que a técnica, publicada com detalhes na revista científica New Scientist, pode ser uma boa descoberta a ser desenvolvida.

O fato de os tecidos possuirem diferentes níveis de elasticidade foi a base para o desenvolvimento da técnica do ultrasom.

O próximo passo dos pesquisadores é fazer testes clínicos em 90 mulheres, nos próximos três anos.

Stephen Duffy, da organização britânica Fundo Imperial de Pesquisa do Câncer, disse que, apesar de muitos casos de câncer de mama serem detectados através da retirada de parte do tecido com uma agulha, sem a necessidade de cirurgia, a nova técnica que está sendo desenvolvida poderá ser ainda melhor.

Mas Duffy lembra que o exame precisa mostrar se apresenta bons resulta...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net