Médicos - Sexologia São Paulo, São Paulo

Encontre médicos - sexologia em São Paulo. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Rafael Andrade Moscatiello
(11) 5532-1342
Av. dos Bandeirantes 3426 - Campo Belo
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Mauro Fisberg
(11) 5575-3875
Rua Borges Lagoa 1080 - 603
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Ana Claudia Montezino
(11) 3285-2685
R. Carlos Sampaio 304 cj.112
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Paulo Engler Pinto Jr.
(11) 3081-9791
Rua Cacapava 49 - Cj. 34
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Vanderley Alfredo Madeira da Fonseca
(11) 5542-9244
Jacucaim 104
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Maria Mercedes Granja
(11) 3079-3000
Rua Urussui 92 - 125
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Hiran Rodrigues de Souza Junior
(11) 3348-4000
Av. Lins de Vasconcelos 356
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Marcio Henrique de Oliveira Mattos
(11) 3965-2783
R Luis Vasconcelos 35
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Luiz Eduardo Vitagliano
(11) 3505-2012
R. Maestro Cardim 769 - Bloco 2 Audit. Interna
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Administração em Saúde

Dados Divulgados por
Valdemiro de Souza Lima Júnior
(11) 2799-3381
Celso Garcia 2294
São Paulo, São Paulo
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Médicos - Sexologia

Fornecido por: 

A ejaculação precoce é definida como a dificuldade de manter a ereção a partir de uma estimulação sexual mínima antes, durante ou pouco tempo depois da penetração e antes do momento desejado, de maneira persistente ou recorrente. A ejaculação que ocorre antes ou até 1 a 2 minutos depois da penetração vaginal sugere fortemente a ejaculação precoce. De maneira geral, podemos dizer que a ejaculação precoce representa um problema no controle do orgasmo, o qual ocorre mais rápido que o desejado, trazendo um fim abrupto à atividade sexual.

Q uem sofre com a ejaculação precoce

A ejaculação precoce é reconhecida como a mais comum disfunção sexual masculina, afetando de 10% a 30% dos homens em alguma fase de suas vidas. Alguns autores afirmam que aproximadamente 30% dos homens com ejaculação precoce ejaculam antes mesmo da penetração. Tipicamente, a ejaculação precoce é encontrada em homens jovens e está presente desde as suas primeiras relações sexuais.

Quando o início do problema dá-se após um período de funcionamento sexual adequado, o contexto normalmente envolve uma redução da frequência da atividade sexual, intensa ansiedade quanto ao desempenho com uma nova parceira ou perda do controle ejaculatório relacionada à dificuldade em obter ou manter a ereção.

C omo se classifica a ejaculação precoce

  • Primária: desde o início da vida sexual;
  • Secundária ou adquirida: acomete um homem que antes tinha uma atividade sexual normal. Costuma ser transitória e deve-se a uma causa temporária, como congestão pélvica, estresse, disfunção erétil, etc.

Também podemos classifica a ejaculação precoce em:

  • Generalizada (ou verdadeira): quando ocorre com qualquer parceira;
  • Situacional: quando ocorre com parceiras específicas.

A causa da doença

A causa da ejaculação precoce é de difícil abordagem. Teorias mostram causas psicológicas, orgânicas e mistas. Entre as causas psicológicas podemos destacar: o sentimento de vergonha e culpa sobre a sexualidade, a hostilidade contra a parceira, a iniciação precoce e/ou conturbada da vida sexual do homem em situações de ansiedade (exemplo: situações em que a expectativa de ser flagrado provoca uma ejaculação precoce devido à pressa). Como causas orgânicas, podemos citar: espinha bífida, cirurgias pélvicas, prostatite e uretrite.

Alguns homens que cessam o uso regular do álcool podem desenvolver ejaculação precoce porque se basearam no hábito de consumir álcool para adiar o orgasmo, em vez de aprenderem estratégicas comportamentais. A alteração da ereção deve ser incluída como causa de ejaculação precoce, tendo sua própria contr...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net