Personal Trainer para Hipertensos São Vicente, São Paulo

Encontre personal trainer para hipertensos em São Vicente. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Academia Galpão de Musculação e Natação
(11) 4347-0540
r Albino Demarchi, 192, Jd Andrea Demarchi
Sao Bernado do Campo, São Paulo

Dados Divulgados por
Audi Academia Ltda
(11) 3684-1954
av Autonomistas, 2622, C, Centro
Osasco, São Paulo

Dados Divulgados por
Prof. Hélio Beteli - Personal Training (3° Idade)
(11) 2449-1228
Rua Prof. Laerte Ramos de Carvalho 134
Jundiai, São Paulo
 
Centro de Artes Maria Luiza Gonçalves (escola de dança)
011 4798-1683
Rua Olegário Paiva, 660
Mogi das Cruzes, São Paulo
 
Academia de Ginástica Quito
(11) 5612-5457
r Cajubura, 52
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
Nautilus Academia
(12) 3952-3710
Rua Celso M. de Almeida 188 Jd Sta. Maria
Jacareí, São Paulo
 
Centro Cultural Oásis - Arte e Magia da Dança Oriental Árabe
(16) 8190-5607
rua iris riccioni, 170
ribeirão preto, São Paulo
 
Academia Regina Dell Áquila
(12) 3931-9004
r Estefania do Nascimento, 78, Jd das Indústrias
Sao jose dos campos, São Paulo

Dados Divulgados por
lux
3263 57 85
rua baier fillho
tijucas, São Paulo
 
Horus Academia de Condicionamento Físico
(15) 3223-2216
av Vinícius de Moraes, 950, Prq São Bento
Sorocaba, São Paulo

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Personal Trainer para Hipertensos

Fornecido por: 

A Hipertensão é uma condição na qual a tensão arterial encontra-se cronicamente elevada, acima dos níveis considerados desejáveis ou saudáveis para a idade e a superfície corporal do indivíduo (Pollock, 1993:06).

Na maioria dos casos, a hipertensão pode ser resultante de fatores genéticos, de uma dieta com altos teores de sódio, obesidade, da inatividade física, estresse, de uma combinação destes fatores, e outros (Pollock, 1993:13).

TABELAS DE CLASSIFICAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL

Os indivíduos com uma PA sistólica superior a 160 mmHg ou de uma PA diastólica acima dos 100 mmHg precisam ser encaminhados a um médico antes de serem testados ou de iniciarem em um programa de treinamento.

Efeitos da atividade física em Hipertensos:

A atividade física altera a pressão sangüínea, mas, esta alteração depende da pressão arterial do indivíduo, ou seja, em indivíduos com PA normal, pouco alteração ocorre com o treinamento, mas, provocam redução significativas em indivíduos hipertensos leves e moderados (Fagard & Tipton, 1994; citado por Guedes, 1995). Os exercícios aeróbios moderados e de longa duração são os mais eficientes na diminuição ou na regularização da PA, principalmente quando associados à redução do peso corporal e da ingesta de sal (Sannerstedt, 1987; citado por Guedes, 1995).

O American College of Sports Medicine (ACSM) e outros revisores concluíram que as pessoas com hipertensão discreta podem esperar uma queda média das pressões arteriais sistólica e diastólica de 8 a 10 mmHg e 6 a 10 mmHg, respectivamente, em resposta ao exercício aeróbio regular.

Indivíduos hipertensos submetidos a exercícios físicos tendem a reduzir a concentração circulante de catecolaminas, o que, somado à diminuição do tônus simpático, provoca diminuição do débito cardíaco e na resistência vascular periférica, resultando em menor pressão arterial em repouso (Fagard & Tipton,1994).

Os programas de exercícios devem ser de predominância aeróbia, como caminhadas, corridas leves, cicloergômetros, ciclismo, natação, etc…

A freqüência das atividades não deve ser inferior a 4 vezes por semana, com a duração inicial de 30 minutos aumentando gradativamente a 1 hora e a intensidade entre 40 a 65 % da Fc máx.

Pressão arterial e exercício:

Exercício com resistência estática dinâmica comprimem o sistema arterial periférico e acarretam aumentos agudos e dramáticos na resistência ao fluxo sangüíneo.

Exercícios crônicos do treinamento de resistência podem causar maior elevação na pressão arterial, e comparada com o movimento dinâmico de menor intensidade, porém não parece que essa forma de treinamento seja capaz de causar qualquer aumento a longo prazo na pressão arterial de repouso.

Exercício em ritmo estável na atividade muscular rítmica tipo trote, natação e ciclismo, provoca a dilatação dos vasos sangüíneos nos músc...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net