Próteses Mogi das Cruzes, São Paulo

Encontre próteses em Mogi das Cruzes. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Milton Cruz Filho
(11) 4799-1121
R Alfredo Cardoso 18
Mogi Das Cruzes, São Paulo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Joao Linneu A Prado Filho
R. Visconde do Rio Branco 1174
Jau, São Paulo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jamil Buchala Jr
Rua Riachuelo 1194
Jau, São Paulo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Pedro Luiz Spinelli Alves
(51) 3483-6024
R Doze 15
Alvorada, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Hospital Lions
(11) 4799-7343
av Cap Manoel Rudge, 1460 Vila Oliveira
Mogi das Cruzes, São Paulo

Dados Divulgados por
Mirian Reiko Tome Harada
114-7481
Av Armando Sales de Oliveira 2082
Suzano, São Paulo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Vagner Ruy Nogueira Papandrea
(35) 3332-2044
R. Melo Viana 91 - Sala 210
Sao Lourenco, Minas Gerais
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Celso Andrade Cesar de Oliveira
(43) 3324-4067
Av. Bandeirantes 500 - 1ºAndar Sala 103
Londrina, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose Ivan Cipoli Ribeiro
(43) 3322-1148
Av Bandeirantes 476
Londrina, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Hospital e Maternidade Ipiranga de Mogi das Cruzes SA
(11) 4795-8600
r Ipiranga, 797, Jd. Santista
Mogi das Cruzes, São Paulo

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Próteses

Fornecido por: 

Próteses mioelétricas de membros superiores e inferiores, assim como diversos equipamentos utilizados em ambulatório e em fisioterapia, precisam ser importadas porque não existe uma tecnologia nacional. Por outro lado, a tecnologia sofisticada eleva o custo das manufaturas importadas, inviabilizando sua aquisição para um grande segmento de potenciais usuários, inclusive sua adoção pelo sistema nacional de saúde.

O interesse pela robótica e a preocupação em minimizar os problemas que afetam os amputados, facilitando a inserção deles na sociedade, levaram o físico Helder Aníbal Hermini a envolver-se em pesquisas sobre o tema já a partir do final do mestrado.

Unindo conhecimentos da mecatrônica e da área médica, Hermini, hoje professor da Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM) da Unicamp, buscou desenvolver próteses de baixo custo que possam ser disponibilizados a maior número de pessoas e no sistema público de saúde.

Onze anos depois, o sonho do professor do Departamento de Engenharia Mecânica está prestes a se realizar. Até o fim do ano, cinco próteses de braços e cinco próteses de pernas estarão concluídas e em condições de serem testadas. Os ajustes finais serão feitos em trabalho de campo no Centro de Reabilitação Infantil Princesa Vitória de Rio Claro e em ambulatório fisioterápico do Hospital de Clínicas da Unicamp.

Helder Hermini acredita que, com seis meses de testes, os produtos poderão ser colocados à disposição de empresas interessadas em fabricá-los em escala. O físico terá cumprido assim o seu principal objetivo: atender à reabilitação humana usando tecnologia moderna, mas de custos compatíveis com a realidade brasileira.

O pesquisador utilizou no projeto conceitos da engenharia de controle e automação aplicados nas áreas automotiva, comercial, bancária e industrial. Para desenvolver as próteses, cursou disciplinas da área médica, como anatomia, neuroanatomia e neurofisiologia.

"Atualmente se enfatiza a utilização de próteses controladas por estimulação mioelétrica, utilizando os impulsos colhidos do próprio amputado", esclarece. Devido à natureza individual dos parâmetros cinesiológicos, uma das metas é a geração de sistemas de controle que aceitem "treinamento" a partir do aprendizado quando aplicado ao usuário.

Essa proposta exige a utilização de conceitos de inteligência artificial no reconhecimento de padrões, emprego de algoritmo baseado em conceitos e técnicas de redes neurais artificiais, algoritmos genéticos e lógica Fuzzy.

"Em nossa linha de pesquisa desenvolvemos a dinâmica do projeto mecânico, a eletrônica embarcada e a cosmética, pois as propriedades da prótese devem se aproximar ao máximo das apresentadas pelo membro. Nesse particular, o belo é o que se aproxima do natural", observa Helder Hermini, citando o cirurgião plástico Ivo Pitanguy.

Joelho hidráulico

Um dos produtos desenvolvidos no Laboratório de Biomecatrônica e Engenharia d...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net