Cuidados com a osteoporose Crato, Ceará

Conheça as medidas preventivas no combate a osteoporose. Conforme as autoras, os cuidados compreendem a ingestão de quantidade adequada de cálcio e a correção do hipoestrogenismo. Elas também indicam o exercício físico e o controle dos fatores que favorece Consulte a lista de especialistas da área, em Crato.

Ana Maria Medeiros L Melo
3261-9317
Av Santos Dumont 2626
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Marilia Pereira Nogueira
3246-6477
R Coronel Alves Teixeira 1355
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Roseane Feitosa de Oliveira
(85) 3264-7174
Av Santos Dumont 2626
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Maria do Socorro Silveira Magalhaes
Rua Pe Luis Figueira 550
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Vera Maria Sampaio Monteiro
3486-6166
Av Dom Luis 1233
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Madison Gomes Montalverne
3226-1177
R Antonio Augusto 1271
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Jose Gonçalves Moreira Filho
(85) 3257-5566
Rua Silva Paulet 2690
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Ana Francisca Moreira Martins
3279-8500
Av Oliveira Paiva- 1291
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Mirtene Faco Jesuino
3227-8017
Av Pontes Vieira 1455
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Estefania Mota Araripe Pereira
3223-8823
R Gilberto Camara 835
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Cuidados com a osteoporose

Fornecido por: 

Osteoporose - Como e por que prevenir a osteoporose?

Na realidade , a osteoporose, do ponto de vista clínico, passa a preocupar em função do risco das fraturas decorrentes desta condição. Dentre elas, as fraturas do punho, úmero, vértebras, costelas, e, principalmente, a do colo do fêmur. A fratura acaba por complicar a condição de saúde do idoso, mesmo que ele fosse saudável até o momento da queda. Além do transtorno pessoal e familiar, decorrente das hospitalizações para correção cirúrgica e para tratamento das complicações que podem seguir a fratura.

Com relação às complicações das fraturas, temos que metade das pessoas com osteoporose acometidas por fraturas de fêmur desenvolvem limitação, ou mesmo impossibilidade de se locomover. Cerca de 1/4 das pessoas com fratura do colo de fêmur podem apresentar complicações circulatórias, tromboembólicas, infeções respiratórias e desencadeamento do diabetes, que podem resultar em morte. Saúde em Movimento.com.br

A falta de prevenção do problema deverá resultar em algum tipo de fratura para metade das mulheres ao redor dos 70 anos e para duas em cada três mulheres aos 80 anos de idade.

As medidas preventivas compreendem a ingestão de quantidade adequada de cálcio, o exercício físico, a correção do hipoestrogenismo e o controle dos fatores que favorecem as quedas, que em última análise serão os responsáveis diretos pelas fraturas que na realidade queremos prevenir.

Prevenção primária e secundária

A prevenção primária deve ser feita na formação da estrutura óssea, que se dá durante todo o crescimento do organismo, principalmente na fase de adolescência. É nessa época da vida que o organismo acumula a massa óssea que lhe garantirá por ocasião da fase idosa uma constituição óssea mais resistente ou mais frágil. Uma vez que é considerado normal o pouquinho de massa óssea que perdemos todos os anos. A quantidade de massa óssea que conseguimos juntar por ocasião da adolescência fará com que no envelhecimento tenhamos maior ou menor resistência contra fraturas. Por isso mesmo, é fundamental que o adolescente, principalmente do sexo feminino, seja orientado para uma dieta rica em cálcio, como também para atividades físicas regulares. Mesmo após a fase de adolescência é recomendável que essas duas orientações sejam seguidas durante a vida. A prevenção secundária de fraturas deve ser realizada quando a osteoporose já foi reconhecida pela densitometria óssea, ou pela presença de redução na altura dos corpos vertebrais no exame radiológico.

Para a prevenção da osteoporose, é fundamental o estabelecimento de programas de educação em saúde, tanto para o profissional de saúde que atua a nível primário como também em programas voltados para a comunidade, como por exemplo programas de saúde escolar que atinjam a criança na fase do crescimento, ou ainda programas desenvolvidos através de palestras em associações comunitárias ou ...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net