Tratamento de Canal Crato, Ceará

Encontre dentistas em Crato. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Antônio Luiz Batista Sardenberg
(21) 2717-7567
Av Ernani Amaral Peixoto 60 s 209
Crato, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Alexandre Weidle
(55) 3375-6620
Rua Alfredo Brenner 435 s 4
Crato, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Sylvia Juliana Garcia Tomás
(41) 3356-4896
Av Paraná 2288 sl 403
Crato, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Larissa Boettger
(47) 3339-1558
Rua Júlio Michel 575 s 4
Crato, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Fernando Ribeiro Lima
(34) 3242-2730
Rua Cel Lindolfo França 111
Crato, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Terezinha de Jesus Schuenck Antunes
(22) 2523-3334
Rua Gal Osório 4 s 107
Crato, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Margaret Teixeira Lima Fernandes
(31) 3281-8889
Rua Espírito Santo 2727 s 1309
Crato, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Vanderlei Oscar Reineher
(54) 3315-1645
Rua Gal Osório 1204 s301
Crato, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Rodrigo P Freitas
(48) 3432-5065
Rua Amaro Maurício Cardoso 231
Crato, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Juliana Lampert Berwanger
(51) 3395-1413
Rua Dr Florêncio Ygartua 53 s 207
Crato, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Tratamento de Canal

Fornecido por: 

Pesquisa da Universidade de Brasília constatou a precariedade da saúde bucal de idosos. Nove em cada dez dos 147 pacientes avaliados apresentaram lesões bucais, como infecções causadas por fungos e bactérias. Sete em cada dez amostrados usam dentadura. Alguns estão com a mesma prótese dentária há mais de 30 anos e em péssimas condições de higiene.

Os idosos que sofrem de osteoporose devem ficar atentos, porque precisam de mais cuidados com a higiene bucal. Eles usam um medicamento que pode ser um fator de risco para o desenvolvimento da osteonecrose bucal, doença causada pela morte de osso da mandíbula ou maxilar.

Segundo a pesquisadora Ana Luiza Rego Julio, os idosos precisam de atendimento odontológico diferenciado. “São pacientes com uma higiene inadequada e condição bucal precária. Usam dentadura em mal estado, têm língua fissurada, úlcera bucal gerada por trauma”, diz.

Para a orientadora do estudo, a professora da Faculdade de Saúde Nilce Santos de Melo, às vezes, os problemas são gerados por pura desinformação. O idoso conta que usa a mesma dentadura há 30 anos com orgulho, como se fosse um indício de bom estado de conservação. “Essas próteses precisam ser trocadas em, no máximo, cinco anos”, esclarece a professora.

O estudo

A dissertação de mestrado Avaliação das condições da mucosa oral em mulheres na pós-menopausa e em homens acima dos 60 anos, defendida em fevereiro de 2009, levantou os prováveis fatores de risco que levam ao desenvolvimento da osteonecrose. A doença, causada pela morte de osso bucal, deixa a região exposta às inflamações, gerando desconforto, ardência e dor.

A doença bucal é grave, mas tem baixa incidência na população. Segundo estudo feito na Austrália, a frequência estimada em pacientes que fazem uso de bisfosfonatos de sódio, substância para tratamento de osteoporose, e foram submetidos à extração dentária está entre 0,09% e 0,34%.

Segundo a orientadora da pesquisa, a professora da Faculdade de Saúde Nilce Santos de Melo, é fundamental conhecer a situação bucal dos idosos antes do tratamento para osteoporose. “Pacientes que fazem uso prolongado dessa medicação e passam por processos cirúrgicos na boca ou usam próteses podem ter um fator de risco aumentado para desenvolver a osteonecrose”, diz.

Para ela, as políticas públicas de saúde odontológica deveriam ser ampliadas e focadas nesse pú...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net