Tratamento de Canal Cuiabá, Mato Grosso

Encontre dentistas em Cuiabá. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Marcos Rogério Fonseca
(37) 3321-1412
Rua João Domingos Fonseca 138
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Haroldo Barbosa Bastos Filho
(22) 3824-3595
Av Cardoso Moreira 322 s 306
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Nilton Carvalho Souza
(61) 3242-1695
SEPS 705/905 s/n bl B s 220
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Sérgio Caetano Todero
(44) 3687-1361
Rua Ramiro Barcelos 686 cj 2
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Reinaldo P Moreira
(35) 3261-1029
Rua Des Miranda 214
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Hugo A Castro
(31) 3213-6965
Av Álvares Cabral 374 s 1702
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
João Carlos de Assis Moya
(61) 3273-3762
CLN 305 Bl D s/n s 207
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
William F Domingues
(31) 3831-6195
Av João Pinheiro 516 s 11
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Luciano Eloi Santos
(31) 3224-6424
Av Afonso Pena 748 s 1707
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
João Bosco Lemos
(34) 3661-4714
Rua D José Gaspar 225 s 203
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Tratamento de Canal

Fornecido por: 

Pesquisa da Universidade de Brasília constatou a precariedade da saúde bucal de idosos. Nove em cada dez dos 147 pacientes avaliados apresentaram lesões bucais, como infecções causadas por fungos e bactérias. Sete em cada dez amostrados usam dentadura. Alguns estão com a mesma prótese dentária há mais de 30 anos e em péssimas condições de higiene.

Os idosos que sofrem de osteoporose devem ficar atentos, porque precisam de mais cuidados com a higiene bucal. Eles usam um medicamento que pode ser um fator de risco para o desenvolvimento da osteonecrose bucal, doença causada pela morte de osso da mandíbula ou maxilar.

Segundo a pesquisadora Ana Luiza Rego Julio, os idosos precisam de atendimento odontológico diferenciado. “São pacientes com uma higiene inadequada e condição bucal precária. Usam dentadura em mal estado, têm língua fissurada, úlcera bucal gerada por trauma”, diz.

Para a orientadora do estudo, a professora da Faculdade de Saúde Nilce Santos de Melo, às vezes, os problemas são gerados por pura desinformação. O idoso conta que usa a mesma dentadura há 30 anos com orgulho, como se fosse um indício de bom estado de conservação. “Essas próteses precisam ser trocadas em, no máximo, cinco anos”, esclarece a professora.

O estudo

A dissertação de mestrado Avaliação das condições da mucosa oral em mulheres na pós-menopausa e em homens acima dos 60 anos, defendida em fevereiro de 2009, levantou os prováveis fatores de risco que levam ao desenvolvimento da osteonecrose. A doença, causada pela morte de osso bucal, deixa a região exposta às inflamações, gerando desconforto, ardência e dor.

A doença bucal é grave, mas tem baixa incidência na população. Segundo estudo feito na Austrália, a frequência estimada em pacientes que fazem uso de bisfosfonatos de sódio, substância para tratamento de osteoporose, e foram submetidos à extração dentária está entre 0,09% e 0,34%.

Segundo a orientadora da pesquisa, a professora da Faculdade de Saúde Nilce Santos de Melo, é fundamental conhecer a situação bucal dos idosos antes do tratamento para osteoporose. “Pacientes que fazem uso prolongado dessa medicação e passam por processos cirúrgicos na boca ou usam próteses podem ter um fator de risco aumentado para desenvolver a osteonecrose”, diz.

Para ela, as políticas públicas de saúde odontológica deveriam ser ampliadas e focadas nesse pú...

Clique aqui para ler este artigo em Saude em Movimento

Termos e Condições | Política de Privacidade
Fonte do texto: Saúde em Movimento
Banco de dados de médicos e clínicas: Doctoralia
Obs.: Se seu nome aparece no nosso cadastro e deseja que o tiremos, favor entrar em contato com support@nsphere.net